Ser professor na escola: de aluno a professor no estágio curricular supervisionado na licenciatura em Educação Física

Autores

  • Hugo Norberto Krug Universidade Federal de Santa Maria
  • Rodrigo de Rosso Krug Universidade Federal de Santa Catarina
  • Marta Nascimento Marques Universidade Federal de Santa Maria
  • Victor Julierme Santos da Conceição Universidade do Extremo Sul Catarinense

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984723816302015248

Resumo

Este estudo objetivou analisar como acontece a passagem de aluno a professor durante a realização dos Estágios Curriculares Supervisionados (ECS) I-II-III na percepção dos acadêmicos da Licenciatura em Educação Física do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). A metodologia empregada caracterizou-se pelo enfoque fenomenológico sob a forma de estudo de caso com abordagem qualitativa. O instrumento utilizado para a coleta de informações foi uma entrevista semiestruturada. A interpretação das informações foi a análise de conteúdo. Os participantes foram vinte (20) acadêmicos do 7º semestre do curso de Licenciatura em Educação Física do CEFD/UFSM. Concluímos que foi possível identificar seis momentos de passagem de aluno a professor e também oito transformações ocasionadas pelos momentos de passagem de aluno a professor na percepção dos acadêmicos estudados.

Palavras-chave: Educação Física; Formação de professores; Formação inicial; Estágio curricular supervisionado; Ser professor.

Biografia do Autor

Hugo Norberto Krug, Universidade Federal de Santa Maria

Licenciado em Educação Fisica; Doutor em Educação; Doutor em Ciência do Movimento Humano; Professor Associado do Departamento de Metodologia do Ensino do Centro de Educação (CE) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM); Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação (Mestrado e Doutorado) do CE/UFSM; Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação Física (Mestrado) do Centro de Educação Física e Desportos da UFSM. Líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física da UFSM.

Rodrigo de Rosso Krug, Universidade Federal de Santa Catarina

Licenciado em Educação Física; Mestre em Ciências do Movimento Humano pela UDESC; Doutorando em Ciências Médicas pela Universidade Federal de Santa Catarina; Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física (GEPEF) da Universidade Federal de Santa Maria.

Marta Nascimento Marques, Universidade Federal de Santa Maria

Licenciada em Educação Física; Mestre em Educação; Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física (GEPEF) da Universidade Federal de Santa Maria; Professora de Educação Física da rede de ensino do estado do Rio Grande do Sul.

Victor Julierme Santos da Conceição, Universidade do Extremo Sul Catarinense

Licenciado em Educação Física; Mestre em Educação; Doutorando em Ciências do Movimento Humano pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul; Professor da Universidade do Extremo Sul Catarinense; Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Educação Física da Universidade Federal de Santa Maria.

Downloads

Publicado

2015-04-10

Como Citar

KRUG, H. N.; KRUG, R. de R.; MARQUES, M. N.; CONCEIÇÃO, V. J. S. da. Ser professor na escola: de aluno a professor no estágio curricular supervisionado na licenciatura em Educação Física. Revista Linhas, Florianópolis, v. 16, n. 30, p. 248 - 269, 2015. DOI: 10.5965/1984723816302015248. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723816302015248. Acesso em: 19 set. 2021.