O currículo vivido por alunos com deficiência na Universidade Federal do Pará: implicações para a educação inclusiva no ensino superior

Autores

  • Debora Ribeiro da Silva Campos Folha UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ
  • genylton o r rocha UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984723815292014438

Resumo

Este artigo objetivou conhecer e analisar a perspectiva dos alunos com deficiência regularmente matriculados na Universidade Federal do Pará (UFPA) sobre o currículo vivido em seus cursos de graduação. Para tanto, buscamos conhecer essas vivências curriculares, pensando quais influências essas experiências podem exercer sobre a permanência e a conclusão dos cursos de graduação por esses alunos. A metodologia ancorou-se no paradigma qualitativo de pesquisa, seguindo a perspectiva materialista-histórica e dialética. Contou com uma revisão bibliográfica e com uma pesquisa de campo, por meio da aplicação de uma entrevista estruturada a cinco alunos com deficiência regularmente matriculados na UFPA. A análise dos dados foi realizada por meio da técnica de Análise do Conteúdo. Os resultados apontaram questões concernentes a entraves na vivência dos currículos de seus respectivos cursos de graduação devido à falta de apoio pedagógico e de recursos tecnológicos suficientes, bem como devido à falta de planejamento quanto aos elementos do processo de ensino e aprendizagem como avaliação, metodologias e recursos didáticos. Consideramos que conhecer essas vivências nos permitiu perceber lacunas e necessidades que devemos atentar para a materialização de práticas inclusivas no ensino superior.

Palavras-chave: Currículos; Ensino Superior-Pará; Estudantes com deficiência; Universidade Federal do Pará.

Biografia do Autor

Debora Ribeiro da Silva Campos Folha, UNIVERSIDADE DO ESTADO DO PARÁ

Terapeuta Ocupacional graduada pela Universidade do Estado do Pará. Mestre em Educação pela Universidade Federal do Pará na Linha de Educação: Currículo, Epistemologia e História. Professora dos Cursos de Graduação em Terapia Ocupacional da Universidade da Amazônia e da Universidade do Estado do Pará. Membro do Grupo de Estudos em Terapia Ocupacional e Saúde na Amazonia. Membro do Laboratório de Estudos em Ciência da Ocupação (LECO/UFPA). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas em Currículo e Formação de Professores (INCLUDERE/UFPA).

genylton o r rocha, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

Possui graduação em Geografia (Bacharelado) , em Pedagogia e graduação em Geografia (Licenciatura Plena) pela Universidade Federal do Pará (1991). Mestrado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1996) e doutorado em Geografia (Geografia Física) pela Universidade de São Paulo (2001). Realizou estagio de pos-doutoramento no Institut National de Recherche Pédagogique (INRP) da França, desenvolvendo atividades de pesquisa no Service d'Histoire de l'Education, no período de novembro de 2006 à dezembro de 2007. Atualmente é Professor Associado I da Universidade Federal do Pará. Coordena o Grupo de Estudos e Pesquisa sobre Currículo e Formação de Professores na Perspectiva da Inclusão - INCLUDERE. Docente dos Programas de Pós-graduação em Educação e em Enfermagem da UFPA.

Downloads

Publicado

2014-10-15

Como Citar

FOLHA, D. R. da S. C.; ROCHA, genylton o r. O currículo vivido por alunos com deficiência na Universidade Federal do Pará: implicações para a educação inclusiva no ensino superior. Revista Linhas, Florianópolis, v. 15, n. 29, p. 438 - 462, 2014. DOI: 10.5965/1984723815292014438. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723815292014438. Acesso em: 24 jul. 2021.