TECNOLOGIA, EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS

Autores

  • Luís Salema

Resumo

O desenvolvimento tecnológico tem possibilitado o aparecimento de novos media digitais que alteraram profundamente as formas de aprender e de ensinar. A integração desses media, no ensino, constitui um desafio para os professores, enquanto agentes do desenvolvimento curricular. Partindo de um conjunto de questões referente à utilização da tecnologia, na aprendizagem de línguas, este artigo apresenta uma revisão de alguns trabalhos realizados nesse âmbito. A abordagem assenta em enquadramentos concetuais ligados à tecnologia educativa, à didática das línguas e à educação a distância. A aprendizagem de línguas, fundamentada numa perspetiva construtivista, e em ambientes tecnologicamente ricos e significativos, constitui uma forma holística de desenvolver a competência comunicativa dos estudantes. A sociedade em rede tem facilitado o aparecimento de outras maneiras de aprender línguas, com a interação oral a ganhar uma importância crescente, em contextos de e-learning.

Downloads

Publicado

2012-11-30

Como Citar

SALEMA, L. TECNOLOGIA, EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA E APRENDIZAGEM DE LÍNGUAS. Revista Linhas, Florianópolis, v. 13, n. 2, p. 123 - 139, 2012. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1984723813022012123. Acesso em: 19 set. 2021.