Memórias do Fazer-se Professor(a) em Escolas Multisseriadas no Oeste de Santa Catarina: município de Xaxim <br> Memories of Became Teacher in the Santa Catarina's West Multiseriated Schools: town of Xaxim

Autores

  • Elison Antonio Paim UNOCHAPECO
  • André Detoni UNOCHAPECO

Resumo

Na região Oeste de Santa Catarina, as atividades educacionais foram sendo formalizadas com o processo de colonização a partir do primeiro quartel do século XX. Nos primeiros tempos as atividades educacionais aconteceram apenas em algumas comunidades nas quais pessoas de forma individualizada preocupavam-se com a escolarização. Em algumas comunidades, especialmente naquelas de descendentes de alemães, foram sendo construídas as primeiras salas de aula em que se ensinava em dialetos das línguas de origem, pois havia uma quase total ausência do Estado enquanto promotor da educação até a década de 1940. Com a Segunda Guerra Mundial, o governo brasileiro proibiu que os imigrantes e seus descendentes falassem em suas línguas e dialetos de origem. A partir de então, intensificaram-se as preocupações governamentais em dar uma educação mais formal para que, entre outras coisas, os alunos fossem ensinados a falar português. Nesta pesquisa procuramos através de rememorações dar visibilidade aos sujeitos realizadores da escolarização – os professores. Os dados foram buscados através de depoimentos orais.

PALAVRAS-CHAVE: Memória. Experiência. Fazer-se Professor. Escolas Multisseriadas.

ABSTRACT: In western Santa Catarina, educational activities were formalized with the colonization process in the first quarter of the 20th century. In the begging, the educational activities happened just in some communities in which some individuals cared about schooling. In some communities, especially in those ones that had German descendents, was built the first classrooms where teachers taught in dialects, the original language, because there was an almost total lack of attention by the State as a promoter of education until the 1940s. With the outcome of World War II, the Brazilian government forbade the immigrants and their descendents to speak in their original languages and dialects. Then began the government’s concern about giving education to these students, so that they would be taught to speak Portuguese. Through this research we try to make visible the individuals who made this education possible – the teachers. The data was gathered through oral testimonies.

KEYWORDS: Memory. Experience. Becoming a Teacher. Multi-Grade Schools.

Biografia do Autor

Elison Antonio Paim, UNOCHAPECO

Doutor em Educação pela UNICAMP. Professor no curso de História da Universidade Comunitária Regional de Chapecó – UNOCHAPECÓ e responsável pelo Centro de Memória do Oeste de Santa Catarina.

André Detoni, UNOCHAPECO

Acadêmico do curso de Licenciatura Plena em História da Universidade Comunitária Regional de Chapecó – UNOCHAPECÓ.

Downloads

Publicado

2009-10-13

Como Citar

PAIM, E. A.; DETONI, A. Memórias do Fazer-se Professor(a) em Escolas Multisseriadas no Oeste de Santa Catarina: município de Xaxim <br> Memories of Became Teacher in the Santa Catarina’s West Multiseriated Schools: town of Xaxim. Revista Linhas, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. p. 128-147, 2009. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1832. Acesso em: 24 jul. 2021.