A Prática do Canto Orfeônico e Cerimônias Cívicas na Consolidação de um Nacionalismo Ufanista em Terras Catarinenses <br> The Practice of Orpheonic Choir and Civic Ceremonies in the Consolidation of a Proud Nationalism in Lands of Santa Catarina State

Autores

  • Tânia Regina da Rocha Unglaub UDESC

Resumo

O calendário anual brasileiro durante o período do Estado Novo registrava inúmeros feriados nacionais. Estas datas eram dedicadas a comemorações cívicas para atingir o imaginário popular e despertar sensibilidades patrióticas. Como parte deste cerimonial, os escolares entoavam músicas do repertório do Canto Orfeônico que foi implantado no Brasil sob a liderança de Villa-Lobos durante a vigência do governo Vargas. Em Santa Catarina, seguindo as orientações nacionais, o canto orfeônico foi sistematizado e fiscalizado por João dos Santos Areão, Inspetor Federal das Escolas Subvencionadas. Areão defendia a idéia de que essa música contribuiria para moldar na alma infantil o mais elevado espírito de civismo.  Portanto, este artigo busca analisar e descrever a prática do canto orfeônico e cerimônias cívicas em prol da consolidação de um nacionalismo ufanista em Santa Catarina. Para captar informações e dialogar com o passado foram ouvidos protagonistas que vivenciaram esse momento. Foram examinados suas fotografias e cadernos, bem como registros descritos em jornais da época e relatórios do inspetor Areão. Para a concretização dos objetivos mencionados, foi necessário pensá-los como análise das representações e sua construção de um sentido conforme a abordagem de Roger Chartier.

PALAVRAS-CHAVE: Comemorações Cívicas. Canto Orfeônico. Nacionalismo. História da educação catarinense.

ABSTRACT: The Brazilian annual calendar during the period of the New State registered innumerable national holidays. These dates were dedicated to civic commemorations to reach popular imaginary and to awaken patriotic sensibilities. As part of this ceremonial, the students singing songs of the repertoire of Orfeonic Chant that was implanted in Brazil under the leadership of Villa-Lobos during the Vargas government. In Santa Catarina, following the national orientation, Orfeonic Choir was systematized and supervised by João dos Santos Areão, Federal Inspector of the Subsidized Schools. Areão defended the idea of that this music would contribute to mold in the infantile soul the highest spirit of civism. Therefore, this article aims to analyze and describe the presence of these civic ceremonies with the sound of orpheonic choirs in the consolidation of a proud nationalism in Santa Catarina. To capture information and to dialogue with the past heard protagonists who lived deeply this moment were heard. Their photographs and notebooks were examined, as well as newspapers of the time and reports of inspector Areão. In order to reach the objective, it was necessary to think them as analysis of the representations and its construction along with the approach of Roger Chartier. 

KEYWORDS: Civic Celebrations. Orpheonic songs. Nationalism. Santa Catarina.

 

Biografia do Autor

Tânia Regina da Rocha Unglaub, UDESC

Pedagoga, Mestre em Educação pela UNICAMP e Doutora em História pela UFSC. Docente da Universidade do Estado de Santa Catarina.

Downloads

Publicado

2009-10-13

Como Citar

DA ROCHA UNGLAUB, T. R. A Prática do Canto Orfeônico e Cerimônias Cívicas na Consolidação de um Nacionalismo Ufanista em Terras Catarinenses <br> The Practice of Orpheonic Choir and Civic Ceremonies in the Consolidation of a Proud Nationalism in Lands of Santa Catarina State. Revista Linhas, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. p. 105-127, 2009. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1831. Acesso em: 23 out. 2021.