O ensino brasileiro de Álgebra segundo a revista “A Escola Primaria” (1917-1928)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5965/1984723822502021266

Palavras-chave:

estado do conhecimento, ensino de álgebra, circulação de ideias, história da educação matemática

Resumo

Discussões acerca do ensino da Álgebra ganharam grande relevância no início do século XX devido aos debates e propostas de inserção de tal matéria no currículo do ensino elementar. Neste texto, busca-se compreender os discursos acerca do ensino de Álgebra postos em circulação pelo periódico da época, “A Escola Primaria”, durante seu período de publicação, assim como, reconstituir o conhecimento disseminado pela revista, de forma a melhor conceber o processo de inserção da Álgebra no ensino elementar no país. Para isso, é proposta a metodologia de um estudo histórico, com base na História da educação matemática, em conjunto com um Estado do Conhecimento. A análise dos artigos aponta que alguns autores difundiram um movimento a favor da constituição de uma Álgebra voltada para o ensino elementar. Essa Álgebra teria como principais focos apresentar o processo de generalização e facilitar a resolução de problemas de Aritmética que, sem esses saberes algébricos, exigiriam raciocínios extensos e cansativos, tornando sua presença no ensino ponto de críticas.

Palavras-chave: estado do conhecimento; ensino de álgebra; circulação de ideias; história da educação matemática.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeremias Stein Rodriguês, Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC

Professor de Matemática do Instituto Federal de Santa Catarina - IFSC. Doutorando do programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.

Anieli Joana de Godoi, Secretaria de Estado da Educação de Santa Catarina

Mestre em Educação Científica e Tecnológica da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC.

David Antonio da Costa, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutor em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Docente no Centro de Ciências da Educação e no Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica da Universidade Federal de Santa Catarina.

 

Referências

BRASIL. Indice das decisões de 1809:N. 29.-Brazil.-resolução de consulta da mesa do desembargo do paço de 14 de julho de 1809. p. 28-30. [Brasília]: Câmara Legislativa, 1809. Disponível em: https://bd.camara.leg.br/bd/bitstream/handle/bdcamara/18321/colleccao_leis_1809_parte2.pdf. Acesso em: 20 dez. 2020.

BURKE, Peter. O que é história do conhecimento? 1. ed. São Paulo: Ed. Unesp, 2016.

CABRITA, Francisco. A algebra do normalista. A Escola Primária, Rio de Janeiro, ano 1, n. 10, p. 299-300, 1917a.

CABRITA, Francisco. A algebra no ensino primario. A Escola Primária, Rio de Janeiro, ano 1, n. 12, p. 360-361, 1917b.

CABRITA, Francisco. Escola normal. A Escola Primária, Rio de Janeiro, ano 2, n. 3, p. 66-67, 1917c.

CABRITA, Francisco. Memoravel periodo historico da Instrucção Nacional. A Escola Primária, Rio de Janeiro, ano 5, n. 2, p. 35-36, 1921.

CABRITA, Francisco. Analyse indeterminada. A Escola Primária, Rio de Janeiro, ano 6, n. 4, p. 99-101, 1922.

CATANI, Denice Barbara. A imprensa periódica educacional: as revistas de ensino e o estudo do campo educacional. Educação e Filosofia, Uberlândia, v. 10, n. 20, p. 115-130, 1996. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/928/842. Acesso em: 20 abr. 2020.

CERTEAU, Michel de. A escrita da história. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010.

CHARTIER, Roger. A história cultural entre práticas e representações. Rio de Janeiro: Berthand do Brasil, 1990.

COLLEGIO Pedro II.Almanak Laemmert : Administrativo, Mercantil e Industrial, Rio de Janeiro, ano 86, p. 421, 1930. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/313394/103914. Acesso em: 9 nov. 2021.

COSTA, David Antonio da. O repositório de conteúdo digital: um exemplo didático a partir dos impressos pedagógicos. In: SEMINÁRIO TEMÁTICO SABERES ELEMENTARES MATEMÁTICOS DO ENSINO PRIMÁRIO (1890-1970), 12., 2015, Curitiba.Anais [...]. Curitiba: PUCPR, 2015. p. 436-444. Tema: o que dizem as revistas pedagógicas? Disponível em: http://www2.td.utfpr.edu.br/seminario_tematico/ANAIS/37_COSTA.pdf. Acesso em: 20 abr. 2020.

CURSO normal. O Paiz, ano XXVIII, n. 9899, p. 3, 13 nov. 1911. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/178691_04/9218. Acesso em: 9 nov. 2021.

DIRECTORIA geral de instrucção publica. O Imparcial: Diario Illustrado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, ano IV, n. 839, p. 5, 20 abr. 1915. Disponível em: http://memoria.bn.br/docreader/107670_01/10347. Acesso em: 9 nov. 2021.

DIRECTORIA geral de instrucção publica. O Paiz, ano XXVII,n. 9746, p. 7, 13 jun. 1911. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/178691_04/7152. Acesso em: 9 nov. 2021.

ESCOLA Normal. Almanak Laemmert: Administrativo, Mercantil e Industrial, Rio de Janeiro, ano 81, p. 413, 1925. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/313394/88073. Acesso em: 9 nov. 2021.

EXTERNATO do Gymnasio mineiro. Minas Geraes: Orgam Official dos Poderes do Estado, Ouro Preto, ano VIII, n. 197, p. 8, 29 jul. 1899. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/291536/16728. Acesso em: 9 nov. 2021.

EXTERNATO do Gymnasio Nacional. Jornal do Brasil, Rio de Janeiro, ano XV, n. 25, p. 2, 25 jan. 1905. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/030015_02/15732. Acesso em: 9 nov. 2021.

FERREIRA, Norma Sandra de Almeida. As pesquisasdenominadas “estado da arte”. Educação & Sociedade, Campinas, ano XXIII, n. 79, p. 257-272, 2002. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf. Acesso em: 20 abr. 2020.

GAZESTAS e compêndios. Pacotilha, Maranhão, ano XLII, n. 50, p. 1, 2 mar. 1922. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/168319_02/15587. Acesso em: 9 nov. 2021.

JARDIM, Henrique Souza. Problemas de arithmetica na escola primaria: como ensinar a resolvel-os. A Escola Primária, Rio de Janeiro, ano 2, n. 9, p. 218-219, 1918a.

JARDIM, Henrique Souza. Problemas de arithmetica na escola primaria: como ensinar a resolvel-os (continuação). A Escola Primária, Rio de Janeiro, ano 2, n. 10, p. 249 –252, 1918b.

NO DIA 22 de Outubro próximo... O Fluminense, Niterói, ano 31, n. 7136, p. 1, 27 set. 1908.Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/100439_04/11387. Acesso em: 9 nov. 2021.

NOTICIARIO. Minas Geraes : Orgam Official dos Poderes do Estado, Ouro Preto, ano I, n. 226, p. 3, . Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/291536/1305. Acesso em: 9 nov. 2021.

O CONCURSO de auxiliares de ensino. A Noite, Rio de Janeiro, ano VI, n. 1484, p. 3, 7 fev. 1916. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/348970_01/7997. Acesso em: 9 nov. 2021.

O CONSELHO de instrucção publica... Gazeta da Tarde, Rio de Janeiro, ano XVII, n. 308, p. 1, 6 nov. 1896. Disponível em: http://memoria.bn.br/docreader/226688/15993. Acesso em: 9 nov. 2021.

OLIVEIRA, Mariza da Gama Leite de. Debates e embates na instrução pública primária e seus efeitos nas práticas do Instituto Ferreira Vianna (Rio de Janeiro, 1929 –1940). 2015. 378f. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal do Rio de Janeiro, Programa de Pós-Graduação em Educação, Rio de Janeiro, 2015.

OLIVEIRA FILHO, Francisco. As revistas pedagógicas e o ensino de frações: um artigo de Benedicto Galvão. In: SEMINÁRIO TEMÁTICO SABERES ELEMENTARES MATEMÁTICOS DO ENSINO PRIMÁRIO (1890-1970), 12., 2015, Curitiba. Anais [...]. Curitiba:PUCPR, 2015. p. 157-167. Tema: o que dizem as revistas pedagógicas? Disponível em: http://www2.td.utfpr.edu.br/seminario_tematico/ANAIS/12_OLIVEIRA_FILHO.pdf. Acesso em: 20 abr. 2020.

PELAS escolas. O Paiz, Rio de Janeiro, ano XXIX, n. 10.714, p. 6, 6 fev. 1914. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/178691_04/21468. Acesso em: 9 nov. 2021.

PELO Brasil unido e forte. Diario de Noticias, ano I, n. 186, p. 7, 12 dez. 1930. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/093718_01/2887. Acesso em: 9 nov. 2021.

PEREIRA, Iracema Torrents. Do ensino de mathematica na escola primaria. A Escola Primária, Rio de Janeiro, ano 7, n. 7, p. 220-224, 1928a.

PEREIRA, Iracema Torrents. A mathematica na escola primaria (continuação). A Escola Primária, Rio de Janeiro, ano 7, n. 8, p. 248-256, 1928b.

REIS, Othello de Souza. Os problemas resolvidos por equações. A Escola Primaria,Rio de Janeiro, ano 1, n. 9, p. 268-271, 1917.

REIS, Othello de Souza. Os dois ultimos annos de arithmetica, na escola primaria, segundo a Comissão dos quinze. A Escola Primaria, Rio de Janeiro,ano 3, n. 1, p. 11-15, 1918a.

REIS, Othello de Souza. Os dois ultimos annos de arithmetica, na escola primaria, segundo a Comissão dos quinze (continuação). A Escola Primaria, Rio de Janeiro, ano 3, n. 2-3, p. 41-43, 1918b.

RODRIGUÊS, Jeremias Stein; COSTA, David Antonio da. A Comissão dos Quinze e os Primeiros Movimentos acerca do ensino da álgebra na escola primária brasileira. Acta Scientiae, Canoas, v. 21, n. 6, p. 150-172, 2019. Disponível em: http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/acta/article/viewFile/5450/pdf_1. Acesso em: 20 abr. 2020.

ROMANOWSKI, Joana Paulin; ENS, Romilda Teodora. As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educacional, Curitiba, v. 6, n. 19, p. 37-50, set./dez. 2006. Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/1891/189116275004.pdf. Acesso em: 20 abr. 2020.

TELEGRAMMAS do interior. Correio Paulistano, São Paulo, ano 28, p. 1, 16 jan. 1903. Disponível em: http://memoria.bn.br/docreader/090972_06/2315. Acesso em: 9 nov. 2021.

TELEGRAMMAS serviço especial do ‘Commercio de Joinville’. Commercio de Joinville, Joinville, ano V, n. 220, p. 3, 24 jul. 1909. Disponível em: http://memoria.bn.br/docreader/886173/691. Acesso em: 9 nov. 2021.

TELEGRAMMAS serviço particular do diário. Diario de Pernambuco, Pernambuco, ano LXXIII, n. 275, p. 1, 8 dez. 1897. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/029033_07/17663. Acesso em: 9 nov. 2021.

VALENTE, Wagner Rodrigues. Oito temas sobre historia da educação matemática. REMATEC, Natal, Ano 8, n. 12, p. 22-50, 2013. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/38424062.pdf. Acesso em: 20 abr. 2020.

VALENTE, Wagner Rodrigues. História da educação matemática: considerações sobre suas potencialidades na formação do professor de matemática. Boletim de Educação Matemática, Rio Claro, v. 23, n. 35, p. 123-136, 2010. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/160381/3735-18103-1-PB1.pdf. Acesso em: 20 abr. 2020.

VALENTE, Wagner Rodrigues. História da Educação Matemática: interrogações metodológicas. REVEMAT, Florianópolis, v. 2, n. 2, p. 28-49, 2007. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/revemat/article/view/12990. Acesso em: 20 abr. 2020.

VALENTE, Wagner Rodrigues. A matemática escolar: perspectivas históricas. In: CONGRESSO LUSO-BRASILEIRO DE HISTÓRIA DA CIÊNCIA E DA TECNOLOGIA, 2., 2003, Rio de Janeiro. Anais [...]. Rio de Janeiro:Sociedade Brasileira de História da Ciência, 2003. Disponível em: http://www.sbhe.org.br/novo/congressos/cbhe3/Documentos/Individ/Eixo1/030.pdf. Acesso em: 20 abr. 2020.

VEYNE, Paul Marie. Como se escreve a história. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1995.VOSGERAU, Dilmeire Sant’Anna Ramos; ROMANOWSKI, Joana Paulin. Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Diálogo Educacional, Curitiba, v. 14, n. 41, p. 165-189, jan./abr., 2014. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/2317/2233. Acesso em: 20 abr. 2020.

WALSH, John Henry. Practical methods in arithmetic. Nova York: D. C. HEATH & CO, 1911.

Downloads

Publicado

2021-12-10

Como Citar

RODRIGUÊS, J. S.; GODOI, A. J. de; COSTA, D. A. da. O ensino brasileiro de Álgebra segundo a revista “A Escola Primaria” (1917-1928). Revista Linhas, Florianópolis, v. 22, n. 50, p. 266 - 292, 2021. DOI: 10.5965/1984723822502021266. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/17572. Acesso em: 18 maio. 2022.