O LUGAR DOS CRISTÃOS-NOVOS NOS LIVROS DIDÁTICOS ATUAIS: memória e representação (1997 – 2007)<em>THE PLACE OF THE NEW CHRISTIANS IN CURRENT SCHOOLBOOKS: memory and representation (1997 – 2007)</em>

Autores

  • Helena Ragusa UEL

Resumo

O presente artigo tem como objetivo entender como o cristão-novo vem sendo tratado e de que maneira é representado em alguns livros didáticos que se remetem à História do Brasil, assim como entender a contribuição desse estudo no ensino de História, isto é, na construção do conhecimento histórico feita pelos alunos através dos mediadores culturais que possibilitam o ensino e a aprendizagem.
Palavras-Chave: Cristãos-novos. Livros didáticos. Ensino e representação.

Abstract
The present article contemplates a discussion about the place the New Christians occupy in the school textbooks which make reference to Brazilian History beginning at the time of the colonization period, that are being published today in Brazil, as well as the contribution of these studies to History teaching, that is, in the historical knowledge construction carried out by the students through the cultural mediators that make teaching and learning possible.
Keywords: New Christians. School textbooks. Teaching and representation.

Biografia do Autor

Helena Ragusa, UEL

Helena Ragusa é licenciada pelo curso de História da Universidade Estadual de Londrina tendo feito sua especialização na área de História Social pela UEL, onde desenvolveu sua monografia sob o título de "O judeu no pensamento racial do Brasil no final do século XIX e início do século XX." Atualmente é aluna especial do curso de mestrado em História SOcila da Universidade Estadual de Londrina.

Downloads

Publicado

2010-06-29

Como Citar

RAGUSA, H. O LUGAR DOS CRISTÃOS-NOVOS NOS LIVROS DIDÁTICOS ATUAIS: memória e representação (1997 – 2007)<em>THE PLACE OF THE NEW CHRISTIANS IN CURRENT SCHOOLBOOKS: memory and representation (1997 – 2007)</em>. Revista Linhas, Florianópolis, v. 11, n. 01, p. 155 - 172, 2010. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/linhas/article/view/1416. Acesso em: 23 jul. 2021.