O USO DA INSTRUMENTAÇÃO TECNOLÓGICA EM PROJETOS DE TECNOLOGIA ASSISTIVA: CAPTURA DE MOVIMENTOS E TERMOGRAFIA INFRAVERMELHA

Autores

  • Eugenio Andrés Díaz Merino Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Franciele Forcelini Universidade Federal de Santa Catarina
  • Thiago Varnier Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC
  • Giselle Schmidt Alves Díaz Merino Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE

DOI:

https://doi.org/10.5965/2316796307142018095

Resumo

O uso de instrumentos tecnológicos em pesquisas tem-se mostrado um recurso auxiliar na obtenção de dados. Portanto, este artigo tem como objetivo identificar protocolos, vantagens e desvantagens a respeito da utilização da captura de movimentos (Xsens) e a termografia infravermelha em estudos de casos em tecnologia assistiva e em pesquisas científicas gerais. Para tanto, foi utilizada a pesquisa aplicada, qualitativa e de cunho descritivo. Os resultados apontam que a instrumentação tecnológica, seguindo protocolos rigorosos, permite a obtenção de dados quantificáveis e confiáveis, mantendo o rigor científico. Logo, se mostra adequada em coletas envolvendo pessoas com limitações físicas e psíquicas, respeitando esta condição mesmo quando a comunicação com os sujeitos encontra-se comprometida. Contudo, entende-se que a captura de movimentos (Xsens) e a termografia infravermelha são métodos viáveis para o desenvolvimento de soluções eficientes, confortáveis e seguras de tecnologias assistivas.

Biografia do Autor

Eugenio Andrés Díaz Merino, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Professor do Programa de Pós-graduação em Design e Programa de Pós-graduação em Engenharia de Produção. Titulação: Doutor em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina. Pesquisador CNPq – PQ 1C. Membro Titular do Comitê Assessor de Desenho Industrial – CNPq (CA).

Franciele Forcelini, Universidade Federal de Santa Catarina

Mestranda em Design (POSDESIGN - UFSC), pesquisadora no Núcleo de Gestão de Design e Laboratório de Usabilidade - NGD/LDU

Thiago Varnier, Universidade Federal de Santa Catarina- UFSC

Mestrando em Design (POSDESIGN - UFSC), pesquisador no Núcleo de Gestão de Design e Laboratório de Usabilidade - NGD/LDU

Giselle Schmidt Alves Díaz Merino, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE

Professora do Programa de Pós-graduação em Design – UFSC. Professora do Programa de Pós-graduação em Design - Univille. Titulação: Doutora em Engenharia de Produção. Área de concentração: Engenharia do Produto e Processo – Design /Usabilidade. IES: Universidade do Estado de Santa Catarina (pós doutorado) – UFSC


Downloads

Publicado

2018-10-24