Avaliação dos modelos obtidos por diferentes sistemas de digitalização 3D para produtos personalizados

Autores

  • Clariana Fischer Brendler Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Fábio Pinto da Silva UFRGS
  • Fábio Gonçalves Teixeira UFRGS

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312910142015068

Resumo

O objetivo é avaliar modelos obtidos por diferentes sistemas de digitalização tridimensional e verificar se as variações geométricas podem gerar implicações nas medidas antropométricas para o projeto de produtos personalizados. Para as comparações e análises, a perna direita de um sujeito foi digitalizada, pelo scanner 3D de luz branca (Artec Eva) e pelo scanner por infravermelho (kinect da Microsoft). Os modelos 3D obtidos foram comparados através do software Geomagic Qualify. Também, através da usinagem CNC foram realizadas comparações de análises visuais, por mapeamento de pressão e por termografia. Os resultados obtidos foram satisfatórios tanto para o uso do scanner Kinect quanto para o Artec Eva. Porém, houve uma diferença dimensional de aproximadamente 7 mm entre os modelos 3D, o que demonstra uma maior precisão de medidas nos modelos obtidos pelo scanner Artec Eva. No entanto, não invalida o uso do Kinect para o desenvolvimento de projetos de produto personalizados. O que irá determinar qual o scanner 3D mais adequado para cada tipo de produto é a necessidade do grau de precisão para que o produto desempenhe sua função com maior conforto e eficiência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Clariana Fischer Brendler, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Departamento de design e Expressão Gráfica

Downloads

Publicado

2015-12-14

Como Citar

BRENDLER, C. F.; DA SILVA, F. P.; TEIXEIRA, F. G. Avaliação dos modelos obtidos por diferentes sistemas de digitalização 3D para produtos personalizados. DAPesquisa, Florianópolis, v. 10, n. 14, p. 068-086, 2015. DOI: 10.5965/1808312910142015068. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/6867. Acesso em: 13 abr. 2021.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)