A educação musical como instrumento psicopedagógico no atendimento de crianças com transtorno do espectro do autismo

Autores

  • Daniele Pincolini Pendeza Universidade Católica Dom Bosco

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312910132015156

Resumo

Este artigo abordará a utilização da música e seus elementos como suporte psicopedagógico no atendimento de crianças com diagnóstico do Transtorno do Espectro do Autismo que são recebidos em escolas regulares e/ou em escolas de música da cidade de Santa Maria – RS. A pesquisa é qualitativa e de cunho bibliográfico, apresentando uma proposta de educação musical infantil estruturada em momentos pré-definidos e que valorizam as canções da infância. Para a constatação e eficiência, utilizamos como instrumento de coleta de dados o questionário, sendo aplicado a vinte responsáveis e professores de tais crianças. Os sujeitos do estudo estão compreendidos entre as idades de zero a 12 anos, totalizando quatro crianças que receberam atendimento por no mínimo três meses.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniele Pincolini Pendeza, Universidade Católica Dom Bosco

Daniele Pendeza é bacharel em canto, educadora musical especial e psicopedagoga. Atual no âmbito da educação musical especial com crianças com diagnóstico de Transtorno do Espectro do Autismo e Transtornos do Desenvolvimento.

Downloads

Publicado

2015-06-29

Como Citar

PENDEZA, D. P. A educação musical como instrumento psicopedagógico no atendimento de crianças com transtorno do espectro do autismo. DAPesquisa, Florianópolis, v. 10, n. 13, p. 156-170, 2015. DOI: 10.5965/1808312910132015156. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/dapesquisa/article/view/5029. Acesso em: 26 nov. 2022.

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)