Organização harmônica na seção inicial da peça para piano “O Passarinho de pano” de Villa-Lobos

Autores

  • Walter Nery Filho Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5965/1808312905072010401

Palavras-chave:

“o passarinho de pano”, villa-lobos, teoria dos conjuntos

Resumo

O seguinte estudo é parte integrante de minha pesquisa de mestrado na linha de Técnicas Composicionais e Questões Interpretativas, na qual a obra O Passarinho de Pano, da Prole do Bebê Nº 2 de Villa-Lobos, assume papel de destaque. Processos analíticos que envolvem a investigação de elementos articuladores de forma (formantes), textura, organização harmônica e relações intervalares deverão trazer à luz determinados procedimentos utilizados por Villa-Lobos na elaboração de uma de suas mais significativas e instigantes peças para piano. Especificamente para este capítulo, foi utilizada como metodologia a Teoria dos Conjuntos, bastante apropriada na análise de obras musicais de natureza não- -tonal, na qual se insere nosso objeto de pesquisa. Como resultado pudemos comprovar a preferência do compositor por elementos de estruturação ligados a processos de simetria, fato este que contribui para desmistificar certas argumentações relacionadas à sua falta de técnica como compositor.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-10-31

Como Citar

Nery Filho, W. (2018). Organização harmônica na seção inicial da peça para piano “O Passarinho de pano” de Villa-Lobos. DAPesquisa, 5(7), 401-415. https://doi.org/10.5965/1808312905072010401

Edição

Seção

Música