Os signos simbólicos-mágicos de Rubem Valentim:

Sua presença e significação na tradição Nagô e Encantaria do Ilé Asè Aféfé T’Oyá

Autores

  • Leticia Gabrieli Paz Universidade Comunitária da Região de Chapecó - Unochapecó
  • Marinilse Universidade Comunitária da Região de Chapecó

DOI:

https://doi.org/10.5965/24471267712021034

Resumo

Os emblemas e objetos de Rubem Valentim transitam entre a arte e a religião compondo um repertório simbólico-mágico em obras de estética geometrizadas que dialogam com a religiosidade afro-brasileira. Impregnado pelo sincretismo popular, o artista em seus deslocamentos compõe um acervo sígnico enraizado no primitivo prospectando temas que são debatidos na arte contemporânea. As experiências e os sentidos do candomblé são observados na ritualística Nagô e encantaria em entrevista realizada com o sacerdote do terreiro Ilê Asè Aféfé T’Oyá. Este estudo percorre as obras de Rubem Valentim estabelecendo relações com as práticas do terreiro e a literatura, apresentando a presença e o significado da tradição e da encantaria em um terreiro localizado na cidade de Chapecó, em Santa Catarina. Com características singulares, plenos de signos e significados os terreiros se constituem de espaços de preservação, ressignificação e resistência da cultura permitindo a sobrevivência étnica e a continuidade do universo mítico africano. Por sua força e energia transcendentes configuram-se como espaços de luta permanente contra o racismo, a discriminação e a intolerância. A arte no espaço do terreiro carrega identidades e conecta subjetividades.

Biografia do Autor

Marinilse, Universidade Comunitária da Região de Chapecó

Professora do curso de Artes visuais da Universidade Comunitária da Região de Chapecó - UNOCHAPE´CO. professora de do Programa de pós-agraduação da UNOCHAPECÓ.  Coordenadora do grupo de Pesquisa Arte,  Visualidade e Cultura. Mestre em Educação. Doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento - linha de pesquisa Mídia e Conhecimento. 

Downloads

Publicado

2021-06-02

Como Citar

Paz, L. G., & Netto, M. . (2021). Os signos simbólicos-mágicos de Rubem Valentim:: Sua presença e significação na tradição Nagô e Encantaria do Ilé Asè Aféfé T’Oyá. Revista Apotheke, 7(1). https://doi.org/10.5965/24471267712021034