Encenação - A menina torta

Marcio Cardoso

Resumo


Duas atrizes interpretando bonecas de pano contarão a história de como era brincar com sua dona, que agora é uma adolescente, e não tem tempo para esta atividade. Estas bonecas farão uma refl exão sobre os confl itos da adolescência pelos quais sua dona está passando. Com um ar de provocação, aventura, medo e diversão, as bonecas expõem os próprios confl itos e aspirações e dialogam sobre “o que é crescer”? Elementos poéticos, musicais, com uma estética próxima ao teatro pósdramático, a peça faz o espectador se questionar sobre: o que é real? O que é ficcional? Sobre qual espaço e tempo estamos falando e compartilhando? Quem será a menina torta? Fazendo com que o espectador embarque nesta aventura do universo lúdico e espetacular da “Menina Torta”.


Texto completo:

PDF




Direitos autorais



 

    

 

Indexadores

   

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.