Onde vivem os bárbaros?: traduções e cena

Luciana Santos Gonçalves

Resumo


Onde vivem os bárbarosé uma montagem da companhia chilena Bonobo, na qual se aborda o modo como a violência das relações humanas é normalizada e com­preendida atualmente e como se configura o arquétipo do inimigo, que sempre acompa­nha a história dos povos e civilizações. A obra conta a história de três primos que, depois de vários anos sem se ver, decidem se encontrar no Chile, em 2015. O anfitrião, Roberto, diretor de uma ONG famosa, vê-se envolvido no estranho homicí­dio de uma jovem. Esse fato desencadeia uma série de revelações e atitudes ines­peradas dos personagens, que aguçarão os conflitos e ideias que cada um construiu ao redor do outro: o inimigo. Este texto apresenta e discute sua tradução no Brasil.

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573102352019041



Direitos autorais 2019 Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas



 

    

 

Indexadores

   

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.