Corporalização: BMC em Dança

Lela Queiroz

Resumo


A partir de imbricações entre corpo e criação, o artigo busca propor que o método BMC por corpomente, sistemas integrados e princípios evolutivos de movimentos operam diretamente ligados, contribuindo como  metodologia alternativa em performance em Dança. A pesquisa, que conta com o apoio das Ciências cognitivas e evolutivas, visa mostrar como embodiment se tece no campo do desenvolvimento e apresenta modos de investigação em dança contemporânea. O laboratório de pesquisa foi iniciado com Bolsa recém doutor Capes 2008 e por projetos da UFBA (2009-12). 

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573102192012041



Direitos autorais 2018



 

    

 

Indexadores

   

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.