Por uma reconfiguração das relações entre cena teatral e minoritarismo

Alberto Ferreira da Rocha Junior

Resumo


O foco deste artigo é a discussão sobre o que chamamos de ‘minoritarismo’, entendido enquanto formação de uma concepção identitária que favorece a reiteração de uma lógica essencializante na luta pelos direitos humanos. Nesse sentido, não propomos a análise de nenhuma obra em específico, mas uma reflexão que, a partir de alguns exemplos da atualidade, possa problematizar certos aspectos da luta pelos direitos humanos em sua relação com a produção cultural e artística e vislumbrar senão saídas, ao menos horizontes de transformação.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573101342019266

Direitos autorais 2019 Urdimento - Revista de Estudos em Artes Cênicas



 

 

 

Indexadores

  

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.