Teatro de Bonecos ou Teatro de Animação?

Paulo Balardim

Resumo


A discussão proposta investiga o recurso da animação de objetos, materiais ou corpo objetificado, em decorrência das transformações vivenciadas pelo tradicional Teatro de Bonecos na segunda metade do século XX. Ao longo do texto, emerge o questionamento sobre os motivos/sentidos das palavras na designação dessa forma teatral e o modo como apontam para uma nova percepção dos processos utilizados nas construções poéticas. Para isso, o texto reflete sobre o percurso que assinala o desenvolvimento de um novo entendimento das especificidades dessa arte no Brasil, apontando algumas de suas características.

 

 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573102252015165

Direitos autorais



 

 

 

Indexadores

  

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.