A materialidade do sagrado nas danças dramáticas indianas

Marilia Vieira Soares, Irani da Cruz Cippiciani

Resumo


Este artigo visa refletir sobre a contribuição da doutrina espiritual hindu para o estabelecimento de parâmetros práticos de experiência com o sagrado nas diferentes danças dramáticas indianas, tomando o corpo do intérprete como veículo de manifestação da experiência estética e espiritual. Para realizar tal análise, nos debruçaremos sobre a relação mestre-discípulo e o conceito de Linhagem; a relação entre Mitologia e Religião; a organização do repertório tradicional, até chegar ao treinamento e a construção corporal, gestual e facial que caracterizam estas manifestações. O principal referencial teórico vem do Natyasastra, complementado pela experiência pessoal dos autores, por quase duas décadas, com as danças dramáticas indianas. 


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1414573102252015049



Direitos autorais



 

    

 

Indexadores

   

       


Urdimento – Revista de Estudos em Artes Cênicas - Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) - Centro de Artes (CEART) - Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas - (PPGT) – E-ISSN: 2358.6958 - Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina – UDESC, Centro de Artes - Av. Madre Benvenuta, 2007, Itacorubi. Florianópolis. SC, Brasil. CEP: 88.035-001 – E-mail: urdimento.ceart@udesc.br

Licença Creative Commons

  Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.