História do Partido Comunista do Brasil (PCdoB): um balanço bibliográfico

Jean Rodrigues Sales

Resumo


O artigo apresenta um itinerário da produção histórica existente a respeito do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Analisa trabalhos realizados dentro e fora da universidade e aponta as principais linhas interpretativas e debates políticos que envolvem essa produção.

 

Palavras-chave: Partido Comunista do Brasil (PCdoB). História. Historiografia


Texto completo:

PDF

Referências


AMAZONAS, J. A social-democracia, instrumento do capitalismo. Princípios. São Paulo, jun. 1981. p. 5-12.

AMAZONAS, J. Socialismo. Ideal da classe Operário, Aspiração de Todos os Povos. São Paulo: Anita Garibaldi, 1983.

ANDERSON, P. La historia de los partidos comunistas. In: SAMUEL, R. (Org.). Historia Popular y Teoria Socialista. Barcelona: Grijalbo, 1984, p. 150-165.

BERCCHT, V. Coração Vermelho: a vida de Elza Monnerat. São Paulo: Anita Garibaldi, 2002.

BERSTEIN, S. A cultura política. In: RIOUX, J.-P.; SIRINELLI, J.-F. Por uma História Cultural. Lisboa: Espanha, 1998, p. 349-363.

BERSTEIN, S. Os partidos políticos. In: RÉMOND, R. Por uma História Política. 2.ed. Rio de Janeiro: FGV, 2003, p. 57-98.

BERTOLINO, O. Maurício Grabois: uma vida de combate – da batalha das ideias ao comando da guerrilha do Araguaia. São Paulo: Anita Garibaldi, 2004.

BERTOLINO, O. Pedro Pomar: ideias e batalhas. São Paulo: Anita Garibaldi, 2013.

BERTOLINO, O. Testamento de Luta: a vida de Carlos Danielli. São Paulo: Anita Garibaldi, 2002.

CABRERA, José Roberto. O Partido Comunista do Brasil e a Crise do Socialismo Real: rupturas e continuísmos. Tese de Doutorado (Ciências Sociais). Campinas: Unicamp, 2008.

CÂMARA, D. A. A Educação Revolucionária do Comunista. São Paulo: Anita Garibaldi, 2000.

CAMPOS FILHO, R. P. Guerrilha do Araguaia: a esquerda em armas. Goiânia: Editora da UFG, 1997.

CARDOSO, C. F. História e poder: uma nova história política? In: CARDOSO, C. F.; VAINFAS, R. (Orgs.). Novos Domínios da História. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012, p. 37-54.

CARONE, E. O PCB (1922-1982). Rio de Janeiro: Bertrand, 1973. 3v.

CASSIN, M. Partido Comunista do Brasil (PC do B): fundação e trajetória. Piracicaba, jun. 1996. (Mimeo.)

CHILCOTE, R. O Partido Comunista Brasileiro: conflito e integração (1922-1972). Rio de Janeiro: Graal, 1982.

COSTA, I. C. G. da. Em Busca do Paradigma Perdido: as esquerdas brasileiras e a crise do socialismo real. Tese de Doutorado (História). Niterói: Universidade Federal Fluminense, 2009.

COURTOIS, S.; LAZAR, M. Histoire du Parti Communiste Français. 2.ed. Paris: PUF, 2000.

DIAS, R. A Esquerda Brasileira no Contexto do Fim da Guerra Fria. Dissertação de Mestrado (História). Porto Alegre: Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2002.

DREYFUS, M. PCF: crises et dissidences – de 1920 à nos jours. Paris: Editions Complexe, 1990.

FALCON, F. História e poder. In: CARDOSO, C. F.; VAINFAS, R. (Orgs.). Domínios da História: ensaios de teoria e metodologia. Rio de Janeiro: Campus, 1997, p. 55-82.

FERREIRA, M. de M. A nova “velha história”: o retorno da história política. Estudos Históricos. Rio de Janeiro: CPDOC, n.10, v.5, p. 265-271, 1992.

FERREIRA, M. de M. História, tempo presente e história oral. Revista Topoi. Rio de Janeiro, v.3, n.5, p. 314-332, dez. 2002.

GALDINO, A. C. O Partido Comunista do Brasil e o Movimento de Luta Armada nos Anos 60. 1994. Dissertação de Mestrado (Ciência Política). Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 1994.

GARCIA, M. A. Contribuição à história da esquerda brasileira. Em Tempo. São Paulo, 1979/1980.

GASPARI, E. A Ditadura Envergonhada. São Paulo: Companhia das Letras, 2002a.

GASPARI, E. A Ditadura Escancarada. São Paulo: Companhia das Letras, 2002b.

GORENDER, J. Combate nas Trevas. 5.ed. São Paulo: Ática, 1998.

GROPPO, B.; PUDAL, B. Une réalité multiple et controversée. In: DREYFUS, M. et al. Le Siècle des Communismes. Paris: Les ediitions de L`atelier, 2000, p. 19-25.

GUERRA, F. de P. Luta Armada em Foco: a guerrilha do Araguaia nas telas do cinema. Dissertação de Mestrado (História). Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia, 2008.

HILÁRIO, J. História política – cultura política e sociabilidade partidária: uma proposta metodológica. História Unisinos. São Leopoldo: Unisinos, v.2, n.10, p. 142-153, mai.-ago. 2006.

KRIEGEL, A. Les Communistes Français, 1920-1970. Paris: Le Seuil, 1985.

KUSCHNIR, K.; CARNEIRO, L. P. As dimensões subjetivas da política: cultura política e antropologia da política. Estudos Históricos. Rio de Janeiro: CPDOC, v.3, n.24, p. 227-250, 1992.

LAVABRE, M-C. Le Fil Rouge: sociologie de la mémoire communiste. Paris: Presse de La Fondation Nationale des Sciences Politiques, 1994.

LIMA, H. Itinerário de Lutas do Partido Comunista do Brasil (PC do B) de 1922 a 1984. Salvador: Maria Quitéria, 1984.

MAZZEO, A. C. Sinfonia Inacabada: a política dos comunistas no Brasil. São Paulo: Boitempo, 1999.

MECHI, P. S. Os Protagonistas do Araguaia: trajetórias, representação e práticas dos camponeses, militantes e militares na guerrilha (1972-1974). Tese de Doutorado (História). São Paulo: Pontifícia Universidade Católica, 2012.

MENDONÇA, S. R. de; FONTES, V. História e teoria política. In: CARDOSO, C. F.; VAINFAS, R. (Orgs.). Novos Domínios da História. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

MOTTA, M. M. M. História, memória e tempo presente. In: CARDOSO, C. F.; VAINFAS, R. (Orgs.). Novos Domínios da História. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012, p. 21-36.

MOTTA, R. P. Desafios e possibilidades na apropriação de cultura política pela historiografia. In: MOTTA, R. P. (Org.). Culturas Políticas na História: novos estudos. Belo Horizonte: Fino Traço Editora, 2012, p. 13-37.

NASCIMENTO, D. M. Guerrilha do Araguaia (1967-1975): ‘paulistas’ e militares na Amazônia. Dissertação de Mestrado (História). Belém: Universidade Federal do Pará, 2000.

NOGUEIRA, B. M. O Partido Comunista em Campinas: uma breve história. São Paulo: Anita Garibaldi, 2001.

PACHECO, E. O Partido Comunista do Brasil (1922-1964). São Paulo: Alfa-Ômega, 1984.

PANDOLFI, D. Camaradas e Companheiros: memória e história do PCB. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1995.

PC do B. A Linha Política Revolucionária do Partido Comunista do Brasil. Lisboa: Maria da Fonte, 1974a.

PC do B. Dois Caminhos Opostos – PC do B e PCB. São Paulo: Anita Garibaldi, s.d.

PC do B. Em Defesa dos Trabalhadores e do Povo Brasileiro: documentos do PC do Brasil de 1960 a 2000. São Paulo: Anita Garibaldi, 2000.

PC do B. Guerra Popular: caminho da luta armada no Brasil. Lisboa: Maria da Fonte, 1974b.

PC do B. Guerrilha do Araguaia. São Paulo: Anita Garibaldi, 1996.

PC do B. Política e Revolucionarização do Partido. Lisboa: Maria da Fonte, 1974c.

PC do B. Trinta Anos de Conflito Ideológico: marxismo e revisionismo. São Paulo: Anita Garibaldi, 1990.

PC do B. Uma Epopeia pela Liberdade: PC do B e Guerrilha do Araguaia 30 anos (1972-2002). São Paulo: Anita Garibaldi, 2002b.

POLLAK, M. Memória e identidade social. Estudos históricos. Rio de Janeiro: CPDOC, v.5, n.10, p. 200-212, 1992.

POLLAK, M. Memória, esquecimento e silêncio. Estudos Históricos. Rio de Janeiro: CPDOC, v.2, n.3, p. 3-15, 1989.

POMAR, V. V. da R. Comunistas do Brasil: interpretações sobre a cisão de 1962. Dissertação de Mestrado (História). São Paulo: Universidade de São Paulo, 2000.

POMAR, W. Araguaia, o partido e a guerrilha. São Paulo: Global, 1980.

POMAR, W. Pedro Pomar: uma vida em vermelho. São Paulo: Xamã, 2003.

RANGEL, O. (Org.). Rogério Lustosa: lições da luta operária. São Paulo: Anita Garibaldi, 2002.

REIS FILHO, D. A. A Revolução Faltou ao Encontro: os comunistas no Brasil. São Paulo: Brasiliense, 1990.

RIDENTI, M. O Fantasma da Revolução Brasileira. São Paulo: Editora da Unesp, 1993.

RIDENTI, M. O impacto da crise do socialismo no Partido Comunista do Brasil, 1988-1992. Perspectivas. São Paulo, n.17-18, p. 75-94, 1994/1995.

RODRIGUES, L. M. O PCB: os dirigentes e a organização. In: FAUSTO, B. (Org.). História Geral da Civilização Brasileira: o Brasil republicano. São Paulo: Difel, 1983. v.3, p.363-443.

ROSANVALLON, P. Por uma história conceitual do político. Revista Brasileira de História. São Paulo, v.15, n.30, p. 9-22, 1995.

ROUSSO, H. Les usages politiques du passé: histoire et mémoire. In: PESCHANSKI, D.; POLLAK, M.; ROUSSO, H. (Orgs.). Histoire Politiques et Sciences Sociales. Paris: Editions Complexe, 1991, p. 243-264.

RUY, J. C.; BUONICORE, A. (Org.). Contribuição à História do Partido Comunista do Brasil. São Paulo: Anita Garibaldi, 2010.

SÁ, G. Relato de um Guerrilheiro. São Paulo: Anita Garibaldi, 1990.

SALES, J. R. Entre a revolução e a institucionalização: a participação eleitoral do PC do B na história recente do Brasil. Estudos históricos. Rio de Janeiro: CPDOC, v.21, n.42, p. 241-260, jul.-dez. 2008a.

SALES, J. R. O Partido Comunista do Brasil e a crise do socialismo real. Revista Brasileira de História. São Paulo, v.28, n.56, p. 507-528, 2008b.

SALES, J. R. Partido Comunista do Brasil – PC do B: propostas teóricas e prática política – 1962-1997. Dissertação de Mestrado (História). Campinas: Universidade Estadual de Campinas, 2000.

SANTOS JÚNIOR, J. de O. A Subalternização da Classe Operária na Autocracia Burguesa: a política de alianças eleitorais do PC do B (1962-1987). Dissertação de Mestrado (Ciências Sociais). Marília: Universidade Estadual Paulista, 2009.

SANTOS, A. C. Ação entre Amigos: história e militância do PC do B em Salvador (1965-1973). Dissertação de Mestrado (História). Salvador: Universidade Federal da Bahia, 2004.

SANTOS, R. A Primeira Renovação Pecebista: reflexos do XX Congresso do PCUS no PCB. Belo Horizonte: Oficina de Livros, 1988.

SEGATTO, J. A. Reforma e Revolução: as vicissitudes políticas do PCB (1954-1964). Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1995.

SOUSA, D. M. de. Caminhos Cruzados: trajetória e desaparecimento de quatro guerrilheiros gaúchos no Araguaia. Dissertação de Mestrado (História). São Leopoldo: Universidade do Vale do Rio dos Sinos, 2006.

STUDART, H. A Lei da Selva: estratégias, imaginário e discurso dos militares sobre a guerrilha do Araguaia. São Paulo: Geração Editorial, 2006.

VICENT, G. “Ser comunista? Uma maneira de ser”. In: ÁRIES, P.; DUBY, G. (Dirs.). História da Vida Privada: da primeira guerra aos nossos dias. São Paulo: Companhia das Letras, 1992. v.5, p. 398-427.

VINHAS, M. O Partidão: a luta por um partido de massas (1922-1944). Rio de Janeiro: Graal, 1982.

PCB: vinte anos de luta política 1958-1979 (documentos). São Paulo: Livraria Ed. Ciências Humanas, 1984.

ZÃO, A. C. V. Perspectivas da Esquerda Brasileira após o Fim da União Soviética. Dissertação de Mestrado (História). Niterói: Universidade Federal Fluminense, 2011.




DOI: https://doi.org/10.5965/2175180309212017290