Edital de chamada Pública - Propostas para dossiês temáticos

Edital de chamada Pública

Propostas para dossiês temáticos

 

A revista Tempo & Argumento convida pesquisadores/as a apresentarem propostas de dossiês temáticos para as edições da revista dos anos de 2019 e 2020.

As propostas de dossiês serão recebidas até 30 de setembro de 2018 e devem ser enviadas para o seguinte e-mail: tempoeargumento@gmail.com.

 

1 Das propostas

1.1 As propostas devem ter em vista as temáticas da História do Tempo Presente;

1.2 A organização ficará a cargo de dois ou três pesquisadores/as doutores(as) provenientes de Instituições de Ensino Superior/Pesquisa diferentes sendo, preferencialmente, um de instituição estrangeira;

1.3 O número de artigos do dossiê deve ser no mínimo 05 (cinco) e no máximo 10 (dez),  sendo vedada a publicação de dois ou mais textos de uma mesma instituição;

1.4 Os dossiês devem conter contribuições inéditas produzidas por pesquisadores/as doutores(as), ou doutorandos(as) em coautoria  com doutores(as);

1.5 A proposta de dossiê deve conter título, organizadores, justificativa e cronograma de execução.

 

2 Avaliação das propostas

2.1 A análise e seleção das propostas de dossiês serão realizadas pelos editores executivos da revista Tempo & Argumento;

2.2 A avaliação considerará a relevância da temática proposta para o dossiê no campo da História do Tempo Presente, bem como sua adequação à política editorial da revista.

 

3 Para os dossiês selecionados

3.1 Os(as) organizadores(as) se comprometem a realizar ampla divulgação do dossiê com apoio da secretaria da revista;

3.2 Os textos deverão ser submetidos aos dossiês exclusivamente pela página da revista (sistema OJS);

3.3 Os(as) organizadores(as)  farão uma análise prévia das submissões para verificar a adequação da contribuição ao escopo da revista e à proposta do dossiê e indicarão avaliadores ad hoc para cada texto pré-selecionado;

3.4 Os(as) organizadores(as)  devem redigir texto de apresentação que problematize o tema do dossiê do ponto de vista historiográfico.

 

 


Editores Executivos:

Luiz Felipe Falcão

Silvia Maria Fávero Arend