SISTEMA DE CUSTO PARA O TERCEIRO SETOR: UM ESTUDO DE UMA INSTITUIÇÃO DE LONGA PERMANÊNCIA DE IDOSOS NO ALTO VALE DO ITAJAÍ (SC)

Sérgio Marian, Micheli Aparecida Lunardi

Resumo


Todo administrador necessita de dados e informações sobre as atividades realizadas pela entidade, independente do ramo de atuação. Nas entidades sem fins lucrativos a importância dos dados e informações é ainda maior para o gerenciamento devido aos escassos recursos e a dependência de auxílio, seja por meio de doações financeiras ou trabalho voluntário. Para conhecer quais os dados e informações, especialmente relacionados aos custos, foi realizado um estudo em uma Instituição de Longa Permanência para Idosos – ILPI do Alto Vale do Itajaí – SC. O estudo teve por objetivo identificar os custos, por cada hóspede, que a entidade tem para prestar seus serviços. Utilizou-se para a coleta de dados, a pesquisa exploratória por meio de um estudo de caso, numa abordagem quali-quantitativa. Com a coleta de dados, efetuada por meio de documentos e entrevistas não estruturadas, obteve-se o levantamento dos gastos para alocar em cada departamento e posteriormente evidenciar o custo de cada hóspede. A pesquisa foi realizada durante os quatro primeiros meses de 2011 e foi possível identificar que os custos dos hóspedes oscilaram entre R$ 1.204,00 a R$ 1.713,50 de acordo com o grau de dependência, seguindo critérios definidos pela ANVISA.


Texto completo:

PDF



Revista mantida pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Campus Ibirama
® 2017 Direitos Reservados