Engenharia Social: o elo mais frágil da segurança nas empresas.

Adriano Carlos Rosa

Resumo


A tecnologia traz o sucesso para muitas empresas. Estas se mostram atentas ao atualizar equipamentos e sistemas de segurança. Entretanto, mesmo com um sistema de segurança “de ponta” ainda se enfrenta outro grande problema: vulnerabilidade a ataques da engenharia social, que hoje são identificados (exemplo: software malicioso) e preocupantes. Este trabalho objetiva questionar se as pessoas que manipulam tais sistemas, possuem  atributos para fazê-lo da melhor forma. Também se objetiva informar a todos os interessados que a segurança vai além dos equipamentos, que a capacidade humana de persuadir o próximo para conseguir o se quer pode trazer grandes danos. A engenharia social como o elo mais fraco da segurança de dados e informações confidenciais e o ser humano que interagindo com este sistema.


Texto completo:

PDF



Revista mantida pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC)
Campus Ibirama
® 2017 Direitos Reservados