O ENCONTRO DOS RIOS: ANÁLISES SOBRE CERÂMICA E ARTE POPULAR

Mariana de Araujo Alves da Silva

Resumo


A arte popular brasileira tem raízes multiculturais e se apresenta como objeto de investigação tanto para campo das artes, como para campo da antropologia. Embora as abordagens sejam diferentes, as análises de ambas as áreas demonstram que a arte popular brasileira conflui e entrelaça uma grande diversidade de questões, as quais frequentemente terminam por ser diminuídas frente às discussões levantadas pela Grande Arte ocidental. Este artigo pretende pensar sobre algumas dessas questões a partir da observação de um grupo de ceramistas que produzem suas peças organizados em uma associação localizada no oeste baiano.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/2358092518182017106



Indexadores, diretórios e bases de dados


      

Revista Nupeart - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

ISSN 2358-0925 


 
Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.