Do objeto à figura e da imagem à forma

Ana Maria Amaral

Resumo


A partir das acepções que as Vanguardas Históricas Europeias despertaram no início do Século XX, este artigo se propõe a refletir sobre as perspectivas que, na época, o teatro de bonecos manifestava, seja como: teatro de animação, de objetos, teatro de imagens e/ou teatro visual. O estudo é ilustrado com experimentações e espetáculos do Grupo Casulo – BonecObjeto, de São Paulo. São destacadas as influências no Grupo, visíveis nas suas montagens, sob o ponto de vista técnico, estético e simbólico caracterizando a heterogeneidade de suas criações.

Palavras-chave: Teatro de Animação. Teatro de Imagens. Teatro Visual. Teatro de Objeto. 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2595034701122014110

Direitos autorais 2018 Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES, DIRETÓRIOS E BASES DE DADOS: