Sensação e percepção no teatro de sombras

Fabiana Lazzari de Oliveira

Resumo


Este artigo pontua momentos da montagem do espetáculo Sacy Pererê: a Lenda da Meia Noite, da Companhia Teatro Lumbra de Animação da cidade de Porto Alegre (RS, Brasil), evidenciando no trabalho do ator-animador os mecanismos e recursos utilizados na sua prática no teatro de sombras. O estudo se referencia nos conceitos de sensação e percepção definidos por Rudolf Arnheim, Jacques Aumont e Robert Sternberg, que permitem compreender a importância da imagem e dos fenômenos perceptuais no teatro de sombras criado por esta companhia teatral.

Palavras-chave: Sensação; percepção; ator-animador.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2595034701092012164

Direitos autorais 2018 Móin-Móin - Revista de Estudos sobre Teatro de Formas Animadas



Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

INDEXADORES, DIRETÓRIOS E BASES DE DADOS: