O Chiado De Outrora, O Chiado de Agora: Difusão da Moda, Urbanização e Revitalização de Zonas Históricas

Valter Carlos Cardim

Resumo


Ao estudarmos a Moda e o seu desenvolvimento histórico em Portugal nos séculos XIX e XX, a nível do desenvolvimento de uma tese de doutoramento, verificou-se que o Chiado, bairro situado em Lisboa, foi de extrema importância para a disseminação da Moda em Portugal. O Chiado, no passado, era frequentado pelas classes mais abastadas de Lisboa, pela nobreza, aristocracia, burgueses, intelectuais e políticos. Ao longo dos anos passou por diversas fases: no passado como centro de difusão do luxo; após a Revolução de 25 de Abril de 1974 e ao grande incêndio que ali ocorreu em 1988, pelo declínio, e, recentemente, devido a revitalização urbana ali realizada, a um renascimento. O Chiado não deixa de ter, apesar da abertura de vários Centros Comerciais, da mudança das principais marcas de luxo do Chiado e redondezas para a Avenida da Liberdade, uma importância ímpar para os seguidores da Moda e os amantes do luxo.


Palavras-chave


Chiado e Moda, Chiado e Alta-Costura, Moda e Luxo em Lisboa

Texto completo:

PDF

Referências


AVCHIADO. Associação de Valorização do Chiado. Disponível em: acesso: 28 de maio de 2017.

AMEAL, João e GUIMARÃES, Luiz d’Oliveira. O Chiado - Verão de 1924, Lisboa: Edição de Francisco Xavier d’Oliveira Guimarães, 1924, s.p.

ANTUNES, Conceição. O Comércio Chic, in Expresso, 1998, p. 10.

As pernas do Chiado in ABC n.º 275, 1925, p 19.

As Tardes da Rua do Ouro in ABC n.º 280, 1925, p. 14-15.

A Praça dos Restauradores, a Hora do Electrico in ABC n.º 279, 1925, s.p.

O Chiado Elegante in ABC n.º 277, 1925, s.p.

BASTOS, António de Sousa. Lisboa Velha: Sessenta Anos de Recordações (1850 a 1910), Lisboa: Oficinas Gráficas da Câmara Municipal de Lisboa, 1947.

BRAGA, Isabel. De Volta ao Chiado in Pública, Público, 1996, p. 22 a 29.

CABRAL, Carlos de Moura. Das 5 às 7, in Lisboa Alegre, Aspectos, Typos, Costumes, Episódios, Lisboa: A Editora Limitada, 1912.

COSTA, Mário. O Chiado pitoresco e elegante. Lisboa: Gráfica Santelmo, 1965.

Modas in Civilização, 1929, p. 105.

D’ALMEIDA, Fialho. Lisboa Galante, Episódios e Aspectos da Cidade, 2ª Edição, Porto: Livraria Chardron, 1903.

D’EON, Chevalier. A Moda in A Moda Elegante – Encyclopedia da Mulher n.º 2, 1917, s.p.

DOMINGUES, Mário. O Preto do Charleston, Lisboa: Livraria Guimarães & C.ª, 1929.

A Hora do Porto, in Expresso. 1998, p. 10.

A Ruína do Carmo, in Expresso, 1998, p. 89-95.

Dos 8 aos 80, Os Caminhos da Moda in Expresso n.º 1341, p. 30-31. snt.

Made in Portugal: O Adeus às Marcas in Expresso, 1995, p. 3.

Um Desenho Inacabado; Memória de Uma Tragédia in Expresso, 1998, p. 28-37.

FERREIRA, Milai. Que Saudade! E Chiado Acima... Chiado Abaixo... in Selecções Femininas n.º 148, 1967, s.p.

FIEL, Jorge. As Malhas do Sucesso in Expresso, 1998, p. 46-57.

FRANÇA, José-Augusto. O Romantismo em Portugal, Vol. 2, 1ª edição, Lisboa: Livros Horizonte, 1974.

GALLIS, Alfredo. A Baixa, Lisboa no Século XX (A Grande Aldeia), Lisboa: Parceria Antonio Maria Ferreira, Livraria Editora, 1910.

GUINOTE, Paulo e OLIVEIRA, Rosa Bela. Prostituição, Boémia e Galanteria no Quotidiano da Cidade, in Portugal Contemporâneo, Lisboa: Selecções do Resder’s Digest, 1996.

JACKSON, Lady. A Formosa Lusitânia. Tradução de Camilo, in Mário Costa, O Chiado Pitoresco e Elegante, Figuras Usos e Costumes, Lisboa: Gráfica Santelmo, 1965.

LEAL, Olavo D’Eça. O Chiado, Eterna Rapariga in Eva n.º 899, 1946, p. 14-15.

LIMA, Cristiano. O Chiado Espelho Fiel da Cidade que os Nossos Olhos se Recusam a Ver... in Eva n.º 835, 1941, p. 30, 31.

O Chiado e os Chapéus d’Elas in Modas e Bordados n.º 1435, 1939, p. 5.

OLIVEIRA, Daniel. O Fim do Mito in Vida Mundial, p. 28-43. snt.

Novas Lojas em Lisboa e Porto in Pública, Público, 1997.

Como Lisboa Progride - Cidade de Encantos, a Nossa Capital Começa Marcando pela sua Distinção... in Semana Ilustrada n.º 1, 1927.

Crónica de Uma Artéria que Eça de Queirós Imortalizou in Selecções Femininas n.º 148, 1967, p. 51-52.

VELLOSO, Rodrigo. Aspectos de Lisboa, Lisboa: Livraria Clássica Editora, 1911.

VIVA Amoreiras, 1995, p. 8, 9.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1982615x10202017070

Direitos autorais Valter Carlos Cardim

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png