Uso da Fabricação Digital para o Design de Superfície em Produtos de Moda

Iana Uliana Perez, Aguinaldo dos Santos

Resumo


O presente trabalho apresenta as possibilidades de uso de tecnologias de fabricação digital no Design de Superfície em produtos de moda, demonstrando como essas tecnologias podem contribuir para o envolvimento do usuário nos processos de criação e de produção. Mais especificamente, o foco deste artigo são os usos da fabricação digital para a personalização de produtos e para a fabricação pessoal, em um contexto de produção distribuída. O método de pesquisa adotado é a revisão bibliográfica assistemática e sistemática, tendo sido consultadas três bases de dados, repositórios online de sete periódicos nacionais, assim como livros, artigos publicados em anais de eventos, sites e blogs especializados. Como resultado, são apresentados alguns exemplos de uso de tecnologias de fabricação digital no Design de Superfície de produtos de moda, discutindo as possibilidades e limitações das tecnologias atuais para o fomento de um cenário de produção distribuída.


Palavras-chave


Design de Superfície; Produção Distribuída; Fabricação Pessoal

Texto completo:

PDF

Referências


ABDI; FUNDAÇÃO CERTI. Conceituação da Empresa de Confecção do Futuro Florianópolis: 2015. Relatório técnico. Disponível em: . Acesso em: 20 fev. 2017.

ABEL, B. van; EVERS, L.; KLAASSEN, R. Preface. In: ABEL, B. van Abel; Klaassen, R.; Evers, L.; Troxler, P. (Eds.). Open Design Now: Why Design Cannot Remain Exclusive. Amsterdam: BIS publishers, 2011. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2016.

AKIWOWO, K. et al. Digital Laser-dyeing for Polyester Fabrics. Journal of Textile Design Research and Practice, v. 2, n. 2, p. 133–151, 2014.

ANDERSON, Chris. Makers: a nova revolução industrial. Tradução de: SERRA, A. C. C. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012. Título original: Makers - the new industrial revolution.

ATWELL, C. Yarn-weaving printer creates custom clothes: Will a new open-source DIY knitting machine from OpenKnit change the way we make clothes? Design News, v. 69, n. 6, p. 30–31, 2014.

BALKA, K.; RAASCH, C.; HERSTATT, C. Open source enters the world of atoms: a statistical analysis of open design. First Monday, v. 14, n. 11, 2009.

BASTOS, V. F. Moda e fabricação digital em um contexto Fab Lab: equipamentos, métodos e processos para o desenvolvimento de produtos. 151 f. Dissertação (Mestrado em Design) - Centro de Artes e Comunicação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2014.

BAUWENS, M. et al. Synthetic overview of the collaborative economy. Amsterdam: P2P Foundation, 2012. Relatório técnico.

BRUNO, FS. A Quarta Revolução Industrial do Setor Têxtil e de Confecção: a Visão de Futuro para 2030. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2016.

BRUNO, FS; PIMENTEL, F. Confecção 4.0: uma visão para o futuro do setor têxtil e de confecção Brasileiro. In: MENDES, F. D. (Org.). Educação de moda para o futuro: desenvolvimento sustentável nas dimensões social, econômica, ambiental, cultural e geográfica. São Paulo: EACH/USP, 2017. p. 131-137.

CARVALHO, NA. Estudo comparativo de processos de estamparia têxtil sob enfoque ambiental: uma contribuição para o design de moda. 115 f. Dissertação (Mestrado em Design) – Faculdade de Arquitetura, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

CARVALHO, NA; RÜTHSCHILLING, E. A. Inovação em metodologia de projeto aplicada ao design de superfície voltado para moda. Modapalavra E-periódico, Florianópolis, v. 9, n. 17, p. 178–194, jan./jun. 2016.

CBD – CENTRO BRASIL DE DESIGN. Diagnóstico do Design Brasileiro. Brasília: CBD; ApexBrasil; Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, 2014. Relatório técnico.

CONFORTO, E. C.; AMARAL, D. C.; SILVA, S. L. DA. Roteiro para revisão bibliográficasistemática: aplicação no desenvolvimento de produtos e gerenciamento de projetos. Trabalho apresentado no 8° Congresso Brasileiro de Gestão de Desenvolvimento de Produto, Porto Alegre, 2011.

CONTINUUM. N12. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2017.

CUNHA, R. T. da. ITMA 2011: Destaques da Estamparia Digital. Redige, Rio de Janeiro, v. 2, n. 3, p. 77–86, dez. 2011.

CUNHA, R. Unmade mostra como a customização em massa é o futuro da moda. 2015. Disponível em: . Acesso em: 06 mar. 2017.

CUNHA, R. Em 2030, as fábricas de vestuário serão como fábricas automotivas devido a automação industrial. 2017. Disponível em: . Acesso em: 03 mar. 2017.

CUNHA, R. KNIT FOR YOU – A “loja fábrica pop-up” da Adidas que produz suéteres personalizados pelo cliente. 2017. Disponível em: . Acesso em: 02 mar. 2017.

CUNHA, R. Arquiteta Anastasia Pistofidou cria roupas sem costura através de fabricação digital. 2017. Disponível em: . Acesso em: 03 mar. 2017.

DRESCH, Aline; LACERDA, Daniel Pacheco; ANTUNES JÚNIOR, José Antônio Valle. Design Science research: método de pesquisa para avanço da ciência e tecnologia. Porto Alegre: Bookman, 2015.

EYCHENNE, F.; NEVES, E. Fab Lab: a Vanguarda da Nova Revolucao Industrial. São Paulo: Editorial Fab Lab Brasil, 2013.

FAB TEXTILES. What. 2017. Disponível em: . Acesso em: 06 mar. 2017.

FAB TEXTILES. 3D Print On Fabric – Ftex Workshop Feb 2016. 2016. Disponível em: . Acesso em: 07 mar. 2017.

FAB TEXTILES. 3D Print On Fabric @Mce3 Conference. 2016. Disponível em: http://fabtextiles.org/3d-print-on-fabric/>. Acesso em: 07 mar. 2017.

GERSHENFELD, N. How to Make Almost Anything: The Digital Fabrication Revolution. Foreign Affairs, Tampa, nov.-dez. 2012. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2016.

GOLDSWORTHY, K.; PAINE, H. Laser Welding of Textiles: a creative approach to technology through a reflective craft practice. In: INTERNATIONAL CONFERENCE PROCEEDINGS, 2014, Falmouth, Reino Unido. Disponível em . Acesso em: 19 nov. 2016.

GOLDSWORTHY, K. RESURFACED: Using Laser Technology To Create Innovative Surface Finishes For Recyclable, Synthetic Textiles. In: CUTTING EDGE: LASERS AND CREATIVE SYMPOSIUM, 2009, Loughborough, Inglaterra. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2016.

GUIMARÃES, F. Inovações em processos de impressão têxtil. dObra[s], São Paulo, v. 7, n. 15, p. 90–97, mar. 2014.

GWILT, Alison. Moda sustentável: um guia prático. Traduzido por: LONGARÇO, M. São Paulo: Gustavo Gili, 2014. Título original: A practical guide to sustainable fashion.

KNITERATE. Digital Knitting Machines. 2017. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2017.

KOHTALA, C. Addressing sustainability in research on distributed production: An integrated literature review. Journal of Cleaner Production, v. 106, p. 654–668, 2015.

KOHTALA, C; HYYSALO, S. Anticipated environmental sustainability of personal fabrication. Journal of Cleaner Production, v. 99, p. 333–344, 2015.

KRESCH, Daniela. Designer israelense cria roupas em impressoras 3D. 2015. Acesso em: . Acesso em: 07 mar. 2017.

KUHN, R.; MINUZZI, R. DE F. B. Panorama da impressão 3D no design de moda. In: MODA DOCUMENTA, 2015, 5., São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 26 jan. 2017.

LASCHUK, T.; RÜTHSCHILLING, E. A. Adequação dos processos de estamparia nas moda e vestuário. In: COLÓQUIO DE MODA, 11., 2015, Curitiba. Anais do Colóquio de Moda. Disponível em: . Acesso em: 20 jan. 2017.

LeNSin – INTERNATIONAL LEARNING NETWORK ON SUSTAINABILITY. The LeNSin research hypothesis: the design of S.PSS applied to DE: win-win offer model for a sustainable development for all. Milão: Politecnico di Milano - Design dept, 2016. Relatório de pesquisa.

MAKE/USE. Tube dress. Disponível em: . Acesso em: 03 mar. 2017.

MCQUILLAN, H. MakeUse V2: digital textile technology for user modifiable zero waste fashion. In: SHAPESHIFTING: CONFERENCE ON TRANSFORMATIVE PARADIGMS OF FASHION AND TEXTILE DESIGN, 2016, Auckland, Nova Zelândia. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2016.

NEIRA, L. G. Impressão digital, estética artesanal. Redige, Rio de Janeiro, v. 3, n. 1, p. 18–31, abr. 2012.

NEVES, H. Maker Innovation: do Open Design e Fab Labs ... às estratégias inspiradas no movimento Maker. 261 f. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo) - Faculdade de Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, 2014.

NEVES, H; ROSSI, D. Open Design. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTÃO DE DESENVOLVIMENTO DE PRODUTO, 8, 2011, Porto Alegre.

NIINIMÄKI, K.; HASSI, L. Emerging design strategies in sustainable production and consumption of textiles and clothing. Journal of Cleaner Production, v. 19, n. 16, p. 1876–1883, 2011.

OLIVEIRA, M. C. DE. Procedimentos paramétricos aplicados ao design de moda. 104 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2013.

PELEG, Danit. 3D Printed Fashion #printwear3d by Danit Peleg. 2017. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2017.

PEZZOLO, Dinah Bueno. Tecidos: história, tramas, tipos e usos. São Paulo: Editora Senac São Paulo, 2007.

PIECE OF CAKE. Home. 2017. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2017.

RICHARDSON, M. Pre-hacked: Open Design and the democratisation of product development. New Media and Society, v. 18, n. 4, p. 653–666, 2015.

RISSANEN, Timo; MCQUILLAN, Holly. Zero waste fashion design. Londres: Bloomsbury, 2016.

SHIMA SEIKE. About Wholegarment. 2017. Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2017.

SISSONS, Juliana. Malharia. Porto Alegre: Bookman, 2012.

SOUZA, P. de M.; REIS, F. S. dos. Trompe-l´oeil em estamparia digital: um recurso para alterar a percepção da silhueta masculina. Projetica, Londrina, v. 5, n. 2, p. 69–86, dez. 2014.

STIKKER, M. Introduction. In: ABEL, B. van Abel; Klaassen, R.; Evers, L.; Troxler, P. (Eds.). Open Design Now: Why Design Cannot Remain Exclusive. Amsterdam: BIS publishers, 2011. Disponível em: < http://opendesignnow.org/index.html?p=19.html>. Acesso em: 19 nov. 2016.

STRIEN, M. Van; PONT, V. de. Open Source Fashion Manifesto. Rotterdam: Het Nieuwe Instituut, 2016.

THE POST-COUTURE COLLECTIVE. Shop. 2017. Disponível em: . Acesso em: 30 ago. 2017.

TROXLER, P. Libraries of the Peer Production Era. In: ABEL, B. van Abel; Klaassen, R.; Evers, L.; Troxler, P. (Eds.). Open Design Now: Why Design Cannot Remain Exclusive. Amsterdam: BIS publishers, 2011. Disponível em: . Acesso em: 19 nov. 2016.

TROXLER, P. What’s next for open hardware and design? In: BRAYBROOKE, K.; NISSILA, J.; VUORIKIVI, T. (Eds.). The Open Book. Londres: The Finnish Institute in London, 2013. p. 32-39.

UDALE, Jenny. Fundamentos de design de moda: tecidos e moda. Porto Alegre: Bookman 2009.

VELDEN, N. M. van der. Making Fashion Sustainable: the role of designers. 226 f. Tese (Doutorado em Design para a Sustentabilidade) - Delft University of Technology, Haarlem, Holanda, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1982615x11212018056

Direitos autorais Iana Uliana Perez, Aguinaldo dos Santos

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png