Design de Superfície na Indústria Brasileira de Móveis Planejados

Fernando Cecchetti, Dalton Luiz Razera

Resumo


A indústria de móveis planejados exerce um papel de liderança no setor moveleiro brasileiro, introduzindo inovações tecnológicas e formais, e estabelecendo novas formas de ver e pensar os produtos nos demais segmentos do setor. O presente estudo se propõe a investigar o desenvolvimento dos papéis decorativos destinado ao revestimento dos painéis de madeira reconstituída (PMR) utilizados no país. Partindo de pesquisa bibliográfica, pesquisa documental e pesquisa de campo, somadas ao estudo de caso ex post facto a respeito da experiência dos profissionais da área. Expõe a sequência de procedimentos adotados no desenvolvimento dos padrões amadeirados utilizados, em concordância com os fundamentos acadêmicos do design de superfície, e introduz as tecnologias de impressão instaladas, de acordo com as respectivas matérias-primas. A compreensão destes procedimentos e recursos permite o aprimoramento das metodologias de projeto e abre novas possibilidades, visando à evolução e a ampliação deste campo de atuação acadêmico e profissional.


Palavras-chave


Design de Superfície; Design de Móveis; Papel Decorativo

Texto completo:

PDF

Referências


BARBERAN. Impression digital. 2017. Disponível em: www.barberan.com/es/impresion-digital-37. Acesso em: 2 fev. 2017.

BAUDRILLARD, Jean. O sistema dos objetos. São Paulo: Perspectiva, 1973.

BOTOSSO, Paulo Cesar. Identificação macroscópica de madeiras: guia prático e noções básicas para o seu reconhecimento. Embrapa Florestas, 2011.

BURGER, Luiza Maria; RICHTER, Hans Georg. Anatomia da madeira. São Paulo: Nobel, 1991.

DISCHINGER, M. C. T. et. al. Desenvolvimento de texturas como contribuição ao design emocional. In: Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, 2006, Curitiba.

FRANCO, Antonio. A evolução do móvel residencial seriado brasileiro em madeira reconstituída. 2010. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo. São Paulo.

FOELKEL, Celso. Conversando com Alberto Mori sobre os Papéis dos Eucaliptos: Papéis Decorativos. 2008. Disponível em: http://www.eucalyptus.com.br/newspt_abril08.html. Acesso em: 28 jan. 2017.

GALINARI, Rangel et. al. A competitividade da indústria de móveis do Brasil: situação atual e perspectivas. BNDES Setorial, n. 37, mar. 2013, p. 227-272, 2013.

IEMI – Inteligência de Mercado e ABIMÓVEL – Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário. Brasil móveis 2015: relatório setorial da indústria de móveis no Brasil. IEMI, São Paulo, v. 10, n. 10, ago 2015.

KINDLEIN JR, Wilson et. al. A natureza como fonte de inspiração para a criação e desenvolvimento de texturas aplicadas ao design industrial. In: Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design. São Paulo: Fundação Armando Álvares Penteado. 2004.

KRAUSE, Andréa Denise Vieira de Campos. Materiais, tecnologias e instrumentos para a melhoria da qualidade do móvel popular residencial seriado. 1997. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo. São Paulo.

LÖBACH, Bernd. Design industrial: bases para a configuração dos produtos industriais. São Paulo: Edgard Blücher, 2001.

MANZINI, Ezio. A matéria da invenção. Lisboa: Centro Português de Design, 1993.

NOSSACK, Ana Frieda Ávila. Panorama da produção de mobiliário residencial em madeira no Brasil. 2014. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo. São Paulo.

NUNES FILHO, José et. al. Interpretando superfícies: modelando leituras de significados sensoriais para design de mobiliário. Blucher Design Proceedings, v. 1, n. 4, p. 1210-1222, 2014.

PEREIRA, Priscila Zavadil et. al. Desenvolvimento de texturas táteis em projeto de produto utilizando a tecnologia de digitalização a laser. In: Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design, 2010, São Paulo. Anais do 9° Congresso Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento em Design. São Paulo: 2010.

RAZERA, Dalton et. al. Inovação tecnológica versus sustentabilidade. Desenvolvimento de produtos para a indústria moveleira, tecnicamente possíveis e ecologicamente necessários. In: 7º Congresso Brasileiro de Pesquisa & Desenvolvimento em Design. Curitiba. 2006

RÜTHSCHILLING, Evelise Anicet. Design de Superfície. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2008.

SILVA, Fábio Pinto da. O uso da digitalização tridimensional a laser no desenvolvimento e caracterização de texturas aplicadas ao design de produtos. 2006. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre.

SOLYON, Graciele Juliana Pereira. Minimização e reaproveitamento de resíduos de uma indústria de tintas e impressão de papéis decorativos. 2009. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Paraná. Curitiba.

VIDAL, André Carvalho Foster; HORA, André Barros da. Panorama de mercado: painéis de madeira. BNDES Setorial, Rio de Janeiro, n. 40, p. 323-384, 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/1982615x11212018021

Direitos autorais Fernando Cecchetti, Dalton Luiz Razera

Licença Creative Commons

      http://www.revistas.udesc.br/public/site/images/rocha1/ceart1.png