Movimentos Sociais Surdos e a Educação: tecendo comentários sobre a proposição da abordagem bilíngüe para surdos
Social movements of the deaf and education: a bilingual approach to education

Paulo César Machado

Resumo


Os movimentos sociais surdos no Brasil e no mundo têm questionado a visão homogeneizada das sociedades e reivindicam uma política de reconhecimento quanto as suas diferenças. A educação escolar dos surdos é um exemplo. Esse artigo se propõe a tecer comentários de natureza teórica e metodológica implicados numa proposta de educação bilíngüe para surdos, aproximando-se de reivindicações pleiteadas há longo tempo e sistematizadas nos últimos anos, juntamente com os movimentos sociais surdos de Santa Catarina.

Palavras-chave: Movimentos sociais surdos. Educação bilíngüe. Proposta de educação em Santa Catarina.
E Social movements of the deaf in Brazil and throughout the world have been questioning the homogenized perspective of societies and demanding a policy of recognition of their differences. Schooling for the deaf is one example. This article presents commentaries of a theoretical and methodological nature concerning a proposal for bilingual education for the deaf. It is related to the requests made for many years - systematized in recent years - by social movements of the deaf in Santa Catarina State.

Key words: Social movements of the deaf. Bilingual education. Educational proposal in Santa Catarina.


Texto completo:

PDF


Contato:
Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC
Centro de Ciências Humanas e da Educação - FAED
Programa de Pós-Graduação em Educação - PPGE
Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi
Florianópolis - SC
CEP: 88.035-001
(48) (48) 3664-8585
revistalinhas@gmail.com