A teoria na prática: reflexões e recursos metodológicos aplicados ao campo etnográfico

Murilo Mendes

Resumo


Fruto da união entre viagem de campo e as leituras que a precedem, o artigo demonstra como relatos e reflexões de autores como Clifford Geertz, Anthony Seeger e Bruno Netll deram base teórica e epistemológica ao autor do presente texto. A teoria da bimusicalidade de Mantle Hood foi aplicada como ferramenta de produção, coleta e documentação dos dados a serem trabalhados na pesquisa. Esse método pôde estabelecer a relação mestre/discípulo. Conclui-se que a viagem de campo que apoia-se na literatura do assunto pode encontrar caminhos e saídas que determinam os rumos e o sucesso da pesquisa.


Palavras-chave


bimusicalidade; epistemologia; teoria e prática

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1808312906082011537



Direitos autorais 2011 Murilo Mendes

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Indexadores, diretórios e bases de dados

                   


Revista DAPesquisa - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

Email: dapesquisa@gmail.com       

ISSN 1808-3129

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Software de verificação de originalidade e prevenção de plágio