Reflexão epistemológica sobre o uso de GeoGebra e Scratch no Ensino de Conteúdos Matemáticos

Vanessa Lucena Camargo de Almeida Klaus, Márcia Regina Kaminski, Clodis Boscarioli

Resumo


As práticas docentes com tecnologias digitais têm visado o planejamento de ações formativas que proporcionam aos aprendizes não apenas o conhecimento do artefato tecnológico em si, mas que procuram considerá-las influências na apropriação do conhecimento e na sua transformação como cidadão, considerando que estes sujeitos as usam em seu cotidiano. Partindo da filosofia da tecnologia de Mario Bunge, e com o interesse de compreendermos como os professores de Matemática têm posicionado as tecnologias digitais em suas práticas de ensino, trazemos uma discussão acerca da abordagem dessas tecnologias, com particular interesse no uso do GeoGebra e do Scratch. A pesquisa, com base nos estudos bibliográfico e documental, aponta, dentre os resultados, maneiras diferentes de conceber os software no processo de formação, bem como indica atenção à apresentação da Matemática de forma mais atraente, salientando a oportunização aos alunos quanto ao ato de investigação, visando compreendê-la por meio das tecnologias.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.