Utilização de uma maquete para abordar Teorema de Tales adaptada para trabalhar cálculo de distância com estudantes autistas

Rabechy Machado Rodrigues, Carla Margarete Ferreira dos Santos, Carla Sofia Dias Brasil

Resumo


Considerando a inclusão de pessoas com deficiência no ambiente regular de ensino como um ganho qualitativo para todos os estudantes. Este trabalho apresenta uma proposta didática que aborda uma adaptação curricular realizada em um material confeccionado para trabalhar o Teorema de Tales. Explorando-se como tendências centrais em educação matemática, a história da matemática e materiais manipulativos, aplicou-se também um viés Etnomatemático. Esta proposta é para alunos do 9º ano do ensino fundamental. A adaptação curricular foi realizada para trabalhar cálculos de distância com possíveis atividades a ser aplicadas à alunos autistas da sala de aula, utilizando a referida maquete. A proposta foi construída e aplicada no quinto semestre do curso de Licenciatura em Matemática, IFC - Campus Avançado Sombrio, na disciplina de Educação Inclusiva. Para a aula regular, foi construída uma maquete com o objetivo de uma melhor visualização da aplicação do Teorema de Tales no cotidiano. Pensando na inclusão de alunos autistas, utilizou-se a mesma maquete, mas com uma adaptação curricular, ou seja, trabalhou-se outro conteúdo matemático. Explorou-se a noção de distâncias, utilizando a maquete, pois uma característica dos autistas é uma ótima memória de imagens e objetos. Após a aplicação da aula constatou-se a importância de adaptar estratégias e metodologias para o ensino, considerando as especificidades dos estudantes, explorando-as para criar um ambiente favorável ao processo de aprendizagem.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.