Organização curricular na educação infantil: o cotidiano e a rotina como experiências pedagógica

Andreia Mendes dos Santos, Síntia Lúcia Faé Ebert

Resumo


O escopo deste trabalho é um ensaio analítico baseado nos relatos de estágio na Educação Infantil de discentes em Pedagogia de uma Universidade do Sul do Brasil a respeito do currículo na educação infantil, tomando-se esta como primeira etapa da educação básica onde se articulam cuidar/educar, relacionando o cotidiano com experiência. A premissa inicial identificada é de que os sentidos atribuídos às vivências, que organizam as experiências, são importantes para a formação da criança e que esse ambiente pedagógico se desenvolve através de cuidados, afetos, descobertas e aprendizagens que “apresentam” a criança ao mundo. Nosso objetivo é analisar como as rotinas que ocorrem diariamente na escola se configuram em campos de experiência e espaços de aprendizagem.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.