Narrativas, história das mulheres e saber histórico escolar

Jane Bittencourt, Viviane Silva Moreira

Resumo


Este trabalho se refere a uma pesquisa em andamento no Programa de Pós-Graduação em Ensino de História da Universidade Federal de Santa Catarina, e tem como temática principal a questão do reconhecimento das potencialidades da narrativa na constituição do saber histórico escolar. Particularmente, interessa-nos a temática da história das mulheres, para evidenciar os protagonismos femininos e seu reconhecimento como sujeitos históricos no ensino de história. Procuramos afirmar a importância das narrativas em um projeto de currículo como identidade narrativa, no qual possam emergir diferentes regimes de verdade, discursos e representações em torno da presença das mulheres na história e no saber histórico escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


Referências

ANHORN, Carmem Teixeira Gabriel. Teoria da História, didática da história e narrativa: diálogos com Paul Ricoeur. Revista Brasileira de História. São Paulo, v. 32, nº 64, p. 187-210, 2012.

GOODSON. Ivor. Currículo, narrativa e futuro social. Revista Brasileira de Educação, v. 12, n.35, maio/ago. p. 241-252, 2007,

MONTEIRO, Ana Maria. Narrativa histórica no ensino de história.

RICOEUR, Paul. Tempo e Narrativa. Campinas: Papirus Editora, 1994. Tomo I.

COSTA, Dalva de Oliveira. O lugar, a presença e o tratamento dado às mulheres no livro didático da EJA: espaço negado, espaço reivindicado. 184f. Dissertação (Mestrado em Educação Brasileira). Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Alagoas. Maceió: UFAL: 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.