O erro na perspectiva da didática da matemática

Wellington Evangelista Duarte, Rhômulo Oliveira Menezes

Resumo


Nas ciências que estudam a aprendizagem, temos grande preocupação de compreender em quais condições as crianças adquirem o conhecimento e quais processos facilitam a construção desse conhecimento.

A didática da matemática fundamenta-se na ideia de que “aprende-se em situação de ação” e tais pesquisas apoiam-se na noção de equilibração da teoria piagetiana, com isso nesse trabalho temos o objetivo de discutir o erro na perspectiva epistemológica advinda das ideias de Bachelard (1996) sobre o desenvolvimento da ciência e trabalhado por Brousseau (1983) no contexto do ensino da matemática, destacando que o erro no processo de ensino e aprendizagem não desaparece completamente de uma só vez; eles resistem, eles persistirem, então eles reaparecem e podendo manifestar-se por muito tempo. 


Texto completo:

PDF

Referências


ALMOULOUD, Saddo Ag. Fundamentos da Didática da Matemática. 1ª ed. Curitiba. PR: Editora UFPR, 2010.

BACHELARD, Gaston. A formação do espírito científico. São Paulo: Contraponto, 1996.

BROUSSEAU, Guy. Les obstacles épistemologiques et les problémes en mathématiques. Grenoble, Recherches en didactique des mathematiques. v. 4, n. 12. p. 165-198. 1983.

______________. Fondements et méthodes en didactique des mathematiques, Rechercehs en didactique des mathématiques, Grenoble, v. 7, n. 2 , p. 35 - 115, 1986.

MIRANDA, Weverton Santos; SILVA, Francisco Hermes Santos. A inter-relação entre avaliação, obstáculo e erro. XIII CIAEM-IACME, Recife, Brasil, 2011


Apontamentos

  • Não há apontamentos.