A cultura corporal de movimento no documento curricular para a educação física da rede de ensino do estado do Mato Grosso (2010)

Christiane Caetano Martins Fernandes, Fabiany de Cássia Tavares Silva

Resumo


Este estudo faz parte do programa de pesquisas do/no Grupo de Estudos e Pesquisas Observatório de Cultura Escolar (OCE), que toma como objetos e fontes de estudos os documentos curriculares. Diante disso, analisamos o documento curricular denominado Orientações Curriculares: Área de Linguagens-Educação Básica (MATO GROSSO, 2010), na área de Educação Física, particularmente, a Cultura Corporal de Movimento, como fonte, que testemunha uma produção social dos sentidos, o que requer considerações acerca da polifonia, polissemia, contexto, concorrência discursiva e posicional, habitus e lugares de interlocuções. Questionamos este documento como prática de significados distintos e multirreferenciados, concebidos a partir de um processo que admite uma lógica de desconstrução dos discursos, mas, cientes de que nem sempre aquilo que está prescrito é aprendido e, o que se planeja é, necessariamente, o que acontece. A par disso, identificamos e analisamos os conhecimentos selecionados/prescritos, ancorados no pressuposto do reconhecimento de que tipo de aluno se quer formar, visto que um currículo busca precisamente modificar as pessoas que vão ‘seguir’ aquele currículo. Tal modificação ocorre a partir da apropriação do conhecimento, pois a cada um desses modelos de ser humano corresponderá um tipo de conhecimento, um tipo de currículo.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.

______. Lei nº 10.328 de 12 de dezembro de 2001.

______. Lei nº 10.793, de 1 de dezembro de 2003.

CASTELLANI FILHO, Lino. Política educacional e educação física. Campinas: Autores Associados,1998.

MATO GROSSO. Secretaria Estadual de Educação. Orientações Curriculares: Área de Linguagens: Educação Básica, 2010.

SILVA, Fabiany de Cássia Tavares. Possibilidades e limites no/do estudo comparado de documentos curriculares: a construção da história curricular no campo da educação especial (1979 e 1999). Anais - VI Congresso Brasileiro da História da Educação, 2011. Disponível em: Acesso em: 15 de jun de 2016.

SILVA, Tomaz Tadeu. da. Documentos de Identidade: uma introdução às teorias do currículo. 3. ed. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2013.

SOUZA JÚNIOR. O saber e o fazer pedagógicos da Educação Física na cultura escolar. In: CAPARRÓZ, Francisco Eduardo (org.). Educação Física Escolar: política, investigação e intervenção. vol. 1. Vitória: PROTEORIA, p. 81-92. 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.