Prevenção da violência contra a criança por meio de ferramentas educacionais

Tiago Francisco Andrade Diocesano, Carla Diacui Medeiros Berkenbrock

Resumo


O abuso sexual infantil é definido como o envolvimento de uma criança em atividade sexual que ela não compreende plenamente, não consente, ou que viole as leis ou tabus da sociedade. Devido às consequências negativas e à alta prevalência do abuso sexual infantil, foram desenvolvidas iniciativas destinadas à sua prevenção de forma a abordar diferentes grupos-alvo.  Cada vez mais novas, as crianças têm acesso de forma crescente, habitual e massiva às ferramentas tecnológicas. Portanto, cabe à escola, aos pais e à sociedade em geral orientar os mais novos para a utilização segura dessas ferramentas tecnológicas, pois esses dispositivos podem também esconder motivos ilegais ou criminosos, por segundas intenções. Nesse trabalho, faremos uma revisão sobre ferramentas tecnológicas para a prevenção da violência sexual infantil levando em consideração o perfil do usuário (faixa etária, sexo, etc), tipo de ferramenta (jogo, sistemas colaborativos, etc), tipo de dispositivo (desktop, móvel) e que tipo de violência aborda. Por meio desse estudo, buscamos lacunas a serem preenchidas nessa temática.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.