Do processo de desenvolvimento do currículo no ensino superior à prática profissional: uma proposta de metodologia para análise de cursos de engenharia em três universidades brasileiras

João de Azevedo, Maria Palmira Carlos Alves, Elisa Henning

Resumo


O propósito deste trabalho consiste em apresentar uma proposta de pesquisa com o objetivo de investigar se a grade curricular dos cursos de Engenharia (Civil, Elétrica, Mecânica e de Produção), lecionados em três Universidades brasileiras, permite em conjunto com as estratégias, os recursos e os métodos de avaliação, o desenvolvimento de competências também na área do Mercado de Capitais.
A abordagem da pesquisa será qualiquantitativa, com os dados resultantes das entrevistas, posteriormente tratados com recursos à análise de conteúdo.


Texto completo:

PDF

Referências


Araujo, B. C. P. O. Trajetórias ocupacionais de engenheiros jovens no Brasil. 2016, 135 f. Tese (Doutorado em Economia), Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Disponível em: < http://www.usp.br/agen/wp-content/uploads/Trajet%C3%B3rias-engenheiros-banca-rev1.pdf >. Acesso em: 05 set. 2017.

Bardin, L. Análise de conteúdo. 3 ed. Lisboa: Edições 70, 2004.

Czelusniak. A. (2011, Julho 11). Gazeta do Povo. Disponível em: http://www.gazetadopovo.com.br/educacao/vida-na-universidade/vestibular/engenheiros-cada-vez-mais-gestores-dgnyzgg9n3oub49wl1a3bttu6.

Rocha, A. (2012, Junho 11). ValorInveste. Disponível em: http://www.valor.com.br/valor-investe/o-estrategista/2697982/qual-melhor-formacao-para-trabalhar-no-mercado-acionario


Apontamentos

  • Não há apontamentos.