A literatura no currículo de formação de professores

Jilvania Lima dos Santos Bazzo, Lilane Maria de Moura Chagas

Resumo


Objetiva-se, neste trabalho, contribuir para o debate acerca da possível articulação entre a literatura e os demais campos de conhecimento no currículo de formação de professores, compreendendo o currículo como um complexo sistema de conhecimentos a serem produzidos e transmitidos nas atividades educativas e que, de maneira explícita e não explícita, se manifestam em concepções de sociedade, de sujeitos e de educação. Busca-se refletir os tempos e os espaços destinados à literatura em um curso de formação de professores da educação básica, mais especificamente dos/as pedagogos/as que são os/as profissionais responsáveis pelo processo inicial da aprendizagem da leitura e da escrita pelas crianças. Para tanto, a partir da análise do Projeto Político Pedagógico de uma dada universidade brasileira, será evidenciado o lugar da literatura na sua matriz curricular para a realização do trabalho com o texto literário articulado às questões pedagógicas voltadas para tal finalidade.


Texto completo:

PDF

Referências


BAZZO, J. L. S.; CHAGAS, L.M.M. Formação estética e poética do professor alfabetizador no Pnaic em SC: alguns apontamentos. In: Silveira, E. [et al.] (Org.). Alfabetização na perspectiva do letramento: letras e números nas práticas sociais. Florianópolis: UFSC/CED/NUP, 2016, p. 44-46.

BAZZO, J. L. S. Literatura e Infância: fruição e pretexto? In: Debus, E.; Juliano, D. B.; Bortolotto, N. (Orgs.). Literatura infantil e juvenil: do literário a outras manifestações estéticas (pp. 109-122). Tubarão: Copiart: Unisul, 2016. (Coleção linguagens).

CANDIDO. A. Vários escritos. Rio de Janeiro: Ouro sobre Azul, 2011.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU, 2013.

SILVA, T. T. Documentos de identidade: uma introdução às teorias do currículo. Belo Horizonte: Autêntica, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.