Espelho, espelho meu: quem sou eu?

Jordelina Beatriz Anacleto Voos

Resumo


O presente artigo trata do relato de uma experiência associada às práticas de letramento digital de acadêmicos do curso de Pedagogia da Universidade da Região de Joinville - UNIVILLE, bolsistas do Programa Institucional de Iniciação à Docência – PIBID com as crianças da Pré Escola, durante a aplicação do projeto Identidade: Espelho, espelho meu, quem sou eu? objetivando identificar, na singularidade das vivências das crianças, as possibilidades de situações de interação constitutivas do processo de identidade. Em face da permanência prolongada no campo, um Centro de Educação Infantil, a pesquisa de cunho etnográfico foi a mais adequada. E, sendo realizada com crianças, a observação, a roda de conversa, a entrevista não estruturada e o registo da ação pedagógica, realizada pelos bolsistas, ancoraram a coleta de dados. Com o material coletado foi elaborado um portfólio digital, gravado em CD-ROOM, contemplando todas as produções reveladoras de situações de interação efetivadas ao longo do ano de 2016. Após a análise e a interpretação dos resultados, o CD-ROOM foi entregue aos familiares das crianças. Dentre as vivências, além da internalização de papéis sociais nos grupos de convívio, dentro e fora do CEI, outros momentos de interação de extrema relevância ocorreram mediados pelos contos clássicos, emergindo da literatura infantil os processos identitários mais significativos. Considerando que os resultados da pesquisa não são de caráter conclusivo, necessitando, ainda, aprofundamento e outros estudos, este dado chamou à atenção tanto dos bolsistas como dos professores quanto ao cuidado que se deve ter em relação às práticas de letramento, mediadas pela literatura.


Texto completo:

PDF

Referências


BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, LDA, 2015.

BRASIL, Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para a educação Infantil. Resolução nº 5, de 17 de dezembro de 2009.

BARBOSA, Ivone Garcia. Formação de conceitos na pré-escola: uma versão sóciohistórica-diáletica.1998. Tese (doutorado em Educação) - Faculdade de Educação - Universidade de São Paulo, São Paulo,1997.

CIAMPA, A.C. Identidade. In: W. Codo & S. T. M Lane (Orgs.). Psicologia social: o homem em movimento (pp. 58-75), São Paulo: Brasiliense, 1984.

______. A estória do Severino e a história da Severino. 3.ed. São Paulo: Brasiliense,1993.

DICIONÁRIO. Aurélio.com. Disponível em: ‹https://dicionariodoaurelio.com/identidade›. Acesso em: 3 de maio. 2017

RIOS, Jane Adriana Vasconcelos Pacheco. Ser e não ser da roça, eis a questão! Identidades e discursos na escola. Salvador: EDUFBA, 2011.

VYGOTSKY, L. S.. A formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

______. Psicologia pedagógica. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

______. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1987.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.