Crianças programando jogos: Scratch, pensamento computacional e Educação Matemática no 3º ano do Ensino Fundamental

Sidnéia Valero Egido, Thais Cristine Andreetti, Luciane Mulazani dos Santos

Resumo


A comunicação apresenta uma pesquisa de mestrado em andamento cujo objetivo é estudar o desenvolvimento do pensamento computacional de alunos do Ensino Fundamental quando estão envolvidos em atividades de programação utilizando o software Scratch em aulas de matemática.


Texto completo:

PDF

Referências


BLIKSTEIN, Paulo. O pensamento computacional e a reinvenção do computador na educação. Disponível em < http://www.blikstein.com/paulo/documents/online/ol_pensamento_computacional.html> Acesso em: 05 de set. de 2015.

PAPERT, Seymour. Constructionism: a new opportunity for elementary science education. Massachusetts Institute of Technology.The Epistemology and Learning Group. Proposta para a National Science Foundation, 1986.

THE ROYAL SOCIETY. Desligar ou reiniciar? O caminho a seguir para a Computação no Reino Unido Escolas, 2012. Disponível em: < http://bit.ly/1KbIXkX>

VALENTE, José Armando. A espiral da aprendizagem e as tecnologias da informação e comunicação: repensando conceitos. In: JOLY, M.C.R.A. (Ed.). A tecnologia no ensino: implicações para a aprendizagem. São Paulo: Casa do Psicólogo Editora, 2002.

VALENTE, José Armando. Integração do Pensamento Computacional no currículo da Educação Básica: diferentes estratégias usadas e questões de formação de professores e avaliação do aluno. In Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo, 2016.

WING, Jeannette Marie. Computational thinking. In: Communications of The ACM, Marz 2006. Vol. 49, nº 3. p. 33-35

ZAHARIJA, Goran; Mladenovic, Sasa; Boljat, Ivica. Introducing basic Programming concepts to Elementary School Children, Procedia - Social and Behavioral Sciences, vol. 106, 2013, pp. 1576-1584.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.