Terra habitada: arte e disponibilidade afetiva na recuperação de territórios

Bruna Maria Maresch

Resumo


Este artigo apresenta uma análise de práticas estéticas de artistas envolvidos diretamente com o tema da recuperação de áreas degradadas, buscando traçar conceitos operatórios norteadores na relação entre arte e vida, pertinentes ao momento atual. Tratam-se de práticas situadas após a década de 60 e derivam da percepção, por parte crescente de artistas, da crise ecológica global e da necessidade de se assumir uma perspectiva ecosófica na reinvenção do meio ambiente, no enriquecimentos dos meios de vida e da sensibilidade.

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2014 Bruna Maria Maresch

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

---- Revista Ciclos ---- Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais - PPGAV ---- Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC ---

 Av. Madre Benvenuta, 1907, Bairro Itacorubi ---Florianópolis, SC --- CEP 88.035-001