Arte e a Falsificação de obras de arte

Marlon José Alves dos Anjos

Resumo


A falsificação de obras de arte é um assunto estigmatizado e pouco comentado. Como tema assume riqueza única por permitir contextualizar o conceito de arte, sua relação sociocultural e econômica e, por fim, lançar luzes à figura do falsificador. A relevância da falsificação manifesta-se ainda no atual número de obras de arte cuja procedência permanece uma incógnita, nesse ponto cumpre informar que hodiernamente o valor da obra de arte deixa de relacionar-se com o potencial de embevecimento e exaltação para assumir seu papel de acordo e imposição do mercado. Sob um olhar crítico e racional a arte pode assumir sua forma de produto de consumo e o falsificador como um reconstrutor da psique artística e da história cultural de um povo. Nessa senda insere-se o presente trabalho cujo objetivo é propor reflexões a respeito do mérito artístico na falsificação de obras de arte. Esta proposta demanda uma leitura livre de questões morais e éticas, aponta o devido status dos artefatos falsificados no cenário da filosofia da arte contemporânea.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 Marlon José Alves dos Anjos

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

---- Revista Ciclos ---- Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais - PPGAV ---- Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC ---

 Av. Madre Benvenuta, 1907, Bairro Itacorubi ---Florianópolis, SC --- CEP 88.035-001