Ensinar área de quadriláteros regulares baseado no modelo de Van Hiele

Thiago Beirigo Lopes, Ritianne de Fatima Silva de Oliveira, Ademir Brandão Costa, Marcelo Franco Leão

Resumo


Esse estudo utilizou a metodologia de Van Hiele com os cinco níveis hierárquicos e cinco fases de aprendizagem que devem integrar cada nível. Optou-se pelo cálculo de áreas de quadriláteros regulares devido serem formas geométricas simples e de muitas aplicações. O objetivo foi verificar se essa metodologia favorece a compreensão de áreas de quadriláteros aos 25 estudantes da 4ª etapa de Educação de Jovens e Adultos (EJA) no Centro Municipal de José de Deus Andrade, Canaã dos Carajás/PA. Essa turma possui dispersão significativa em relação à idade, que é um dos fortes argumentos do uso do método de Van Hiele. Foram elaborados o pré-teste e pós-teste aliados à duas intervenções pedagógicas que trabalham a utilização de malhas quadriculadas em papel e embalagens comuns no cotidiano. O intuito foi comparar o nível de compreensão dos estudantes antes e depois do emprego da metodologia. Ocorreu um aumento significativo no número de acertos comparando o pós teste com o pré-teste. Por tais resultados, fica evidente a necessidade de desenvolvermos o ensino de geometria que possibilite aos alunos serem protagonistas e participarem ativamente da construção de seus saberes, em especial os refere ao cálculo de áreas de quadrilátero regulares.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2357724X05092017018