Objetos educacionais digitais e sua integração aos livros didáticos de matemática

Gabriela Prampolim, Rúbia Barcelos Amaral-Schio

Resumo


O presente texto é fruto de uma pesquisa qualitativa que abordou os Objetos Educacionais Digitais (OED) presentes em uma coleção de Matemática dos Anos Finais do Ensino Fundamental, aprovada pelo Programa Nacional do Livro Didático, responsável por avaliar e distribuir os livros às escolas públicas. A análise foca questões relacionadas ao ambiente matemático e ao nível de interação, salientando o papel do professor no processo de integração das tecnologias na sala de aula. Os resultados mostram que os OED têm uma abordagem interativa, criando um espaço propício à exploração do conteúdo, de forma lúdica. No que tange aos ambientes de aprendizagem, trazem poucas opções relacionadas à realidade, considerando, em sua maioria, questões da Matemática Pura. Em termos de melhoria, aponta-se a necessidade de efetiva integração com os livros didáticos, visto que os OED são referenciados nas edições estudadas, sem nenhuma conexão com o seu conteúdo, como uma “etiqueta” colada na página. Ademais, cabe ressaltar a falta de preocupação com a acessibilidade, pois os OED não têm recursos para usuários com deficiências. Tais questões, ainda que focadas em uma coleção específica, podem iluminar a análise de outros recursos a serem utilizados nas aulas de Matemática.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5965/2357724X06112018160