Efeito do pastejo de caprinos com diferentes lotações em pastagem de aveia preta e rendimento de milho com distintas adubações nitrogenadas em sucessão

Christiano Santos Rocha Pitta, André Luís Finkler Silveira, Paulo Fernando Adami, Adelino Pelissari, Luis Cesar Cassol, Alceu Luiz Assmann

Resumo


Este estudo teve por objetivo avaliar diferentes níveis de suplementação em caprinos, sob pastejo de aveia preta, e sua influência na resistência do solo à penetração e no rendimento de grãos de milho, cultivado em sucessão com crescentes doses de N em cobertura. No inverno os tratamentos se constituíram do uso de suplemento alimentar correspondente a 0, 5, 10 e 15 g kg-1 do peso vivo de fêmeas de caprinos da raça Boer, com 10 meses de idade, em pastejo de aveia preta cv. IAPAR 61 e um tratamento sem pastejo. No verão as parcelas foram subdivididas e aplicadas doses crescentes de N em cobertura na cultura do milho (0, 50, 100 e 150 kg ha-1 de N na forma de ureia). No inverno foram avaliados: altura de dossel, massa de forragem e produção da forragem; carga e ganho de peso animal; e resistência do solo à penetração. No verão foram avaliados os componentes de rendimento do milho. Maiores níveis de suplementação, no inverno, aumenta a capacidade suporte da área de pastagem, o que eleva a intensidade de pisoteio e, consequentemente, a resistência do solo à penetração na camada superficial, sem afetar, no entanto, o rendimento de grãos de milho cultivado em sucessão. O pastejo no inverno, quando realizado respeitando a altura da forragem e adubação, reduz a necessidade de N em cobertura no verão para a obtenção do mesmo rendimento de grãos de milho de áreas sem pastejo no inverno.


Palavras-chave


pastagem anual, rotação de culturas, carga animal, resistência do solo à penetração, nitrogênio, Avena strigosa Schreb.

Texto completo:

PDF (English)

Referências


ADAMI PF et al. 2014. Black Oat+Annual Ryegrass Biomass Production and Decomposition Managed at Different Sward Heights on Rotational Grazing. Journal of Agronomy 13: 40-48.

AHUYA CO et al. 2009. Performance of Toggenburg dairy goats in smallholder production systems of the eastern highlands of Kenya. Small Ruminant Research 83: 7-13.

ANDREOLLA VRM et al. 2014. Soil physical attributes in integrated bean and sheep system under nitrogen levels. Revista Ciência Agronômica 45: 922-930.

ANDREOLLA VRM et al. 2015. Pastejo e nitrogênio no azevém sobre a qualidade física do solo e produtividade do feijão. Engenharia Agrícola 35: 11-26.

ANGHINONI I et al. 2013. Abordagem sistêmica do solo em sistemas integrados de produção agrícola e pecuária no subtrópico brasileiro. In: ARAÚJO AP & ALVES BJR (Ed.) Tópicos em Ciências do Solo. 8.ed. Viçosa: UFV. p.325-380.

ANGHINONI I et al. 2015. O solo no contexto. In: MARTINS AP et al. (Ed.) Integração soja-bovinos de corte no sul do Brasil. Porto Alegre: UFRS. p.51-70.

SOARES AB. 2008. Manejo das Pastagens no Sistema Integração Lavoura-pecuária. In: ASSMANN AL et al. Integração Lavoura-Pecuária para a Agricultura Familiar. Londrina: IAPAR. p.38-46.

ASSMANN JM et al. 2015. Carbon and nitrogen cycling in an integrated soybean-beef cattle production system under different grazing intensities. Pesquisa Agropecuária Brasileira 50: 967-978.

CARASSAI IJ et al. 2011. Atributos físicos sob intensidades de pastejo e métodos de pastoreio com cordeiros em integração lavoura-pecuária. Pesquisa Agropecuária Brasileira 46: 1284-1290.

CARVALHO PCF et al. 2010. Managing grazing animals to achieve nutrient cycling and soil improvement in no-till integrated systems. Nutrient Cycling in Agroecosystems 88: 259-273.

CLARK DA & WOODWARD SL. 2007. Supplementation of dairy cows, beef cattle and sheep grazing pasture. In: RATTRAY PV et al. (Ed.) Pasture and Supplements for Grazing Animals. Hamilton: New Zealand Society of Animal Production. p.117-132.

COSTA A et al. 2009. Propriedades Físicas do solo em sistemas de manejo na Integração Agricultura-Pecuária. Revista Brasileira de Ciência do Solo 33: 235-244.

EMBRAPA. 1997. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Manual de métodos de análise de solo. 2.ed. Rio de Janeiro: Ministério da Agricultura.

FERNANDES MAM et al. 2015. Método FAMACHA para detectar anemia clínica causada por Haemonchus contortus em cordeiros lactentes e ovelhas em lactação. Pesquisa Veterinária Brasileira 35: 525-530.

FIDALSKI J et al. 2008. Qualidade física do solo em pastagem adubada e sob pastejo contínuo. Pesquisa Agropecuária

Brasileira 43: 1583-1590.

FORSYTHE WM & HUERTAS A. 1979. Effect of soil penetration resistance on the growth and yield of beans (Phaseolus vulgaris L.) 27-R variety. Turrialba 29: 293-298.

HODGSON J. 1990. Grazing management: Science into practice. New York: Longman Scientific and Technical. 203p.

LOPES MLT et al. 2009. Sistemas de integração lavoura-pecuária: efeito do manejo da altura de pastos de aveia preta e azevém anual sobre o rendimento da cultura da soja. Ciência Rural 39: 1499-1506.

MORAES A et al. 1990. Comparação de métodos de estimativa de taxas de crescimento em uma pastagem submetida a diferentes pressões de pastejo. In: Reunião anual da sociedade brasileira de zootecnia, Anais... Piracicaba: FEALQ p.332.

MOREIRA AL et al. 2014. Production of sheep grazing on nitrogen-fertilized tifton 85 grass in continuous stocking. Acta Scientiarum. Animal Sciences 36: 63-69.

MOTT GE & LUCAS HL. 1952. The design, conduct and interpretation of grazing trials on cultivated and improved pastures. Proceedings... 6º Intl Grassld. p.1380.

NRC. 2007. National Research Council. Nutrient requirements of small ruminants: sheep, goats, cervids and new world camelids. Washington: National Academy Press. 362p.

OLIVEIRA EL. 2003. Sugestão de adubação e calagem para culturas de interesse econômico no Estado do Paraná. Londrina: IAPAR. 30p.

PELLEGRINI LG et al. 2010. Produção de cordeiros em pastejo contínuo de azevém anual submetido à adubação nitrogenada. Ciência Rural 40: 1399-1404.

RATTRAY PV et al. 1987. Pastures for sheep production. In: NICOL AM. (Ed.) Livestock feeding on pasture. New Zealand: Society of Animal Production. p.89-104.

SANTOS HG et al. 2006. Sistema Brasileiro de Classificação de Solos. 2.ed. Rio de Janeiro: Embrapa Solos. 286p.

SCHUSTER M et al. 2016. Grazing intensities affect weed seedling emergence and the seed bank in an integrated crop-livestock system. Agriculture, Ecosystems & Environment 232: 232-239.

SECCO D et al. 2009. Atributos físicos e rendimento de grãos de trigo, soja e milho em dois Latossolos compactados e escarificados. Ciência Rural 39: 58-64.

SILVA FD et al. 2014. Soil carbon indices as affected by 10 years of integrated crop-livestock production with different pasture grazing intensities in Southern Brazil. Agriculture, Ecosystems & Environment 190: 60-69.

SOUZA ED et al. 2010. Biomassa microbiana do solo em sistema de integração lavoura-pecuária em plantio direto, submetido a intensidades de pastejo. Revista Brasileira de Ciência do Solo 34: 79-88.

SPERA ST et al. 2010. Atributos físicos de um Hapludox em função de sistemas de produção integração lavoura-pecuária (ILP), sob plantio direto. Revista Acta Scientiarum. Agronomy 32: 37-44.




DOI: http://dx.doi.org/10.5965/223811711812019178

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171