Fenologia e produtividade de cultivares de pessegueiro

Gustavo Klamer de Almeida, Fernanda Pelizzari Magrin, Pâmella Soldatelli, João Caetano Fioravanço

Resumo


O objetivo do trabalho foi avaliar a fenologia e a produtividade de cultivares de pessegueiro de média a alta exigência em frio hibernal. O experimento foi realizado em Vacaria, RS, durante as safras 2009/10 a 2012/13. Foram avaliadas oito cultivares (Barbosa, Chimarrita, Chiripá, Della Nona, Eragil, Maciel, Rubidoux e Seleção Cambará), enxertadas sobre seedlings de pessegueiro e plantadas no espaçamento de 4,7 m entre fi las e 2,5 m entre plantas. Foi utilizado o delineamento experimental em blocos ao acaso, com oito tratamentos (cultivares) e três repetições. ‘Maciel’ e ‘Chimarrita’ exibiram a floração e a maturação mais precoce, geralmente em julho e dezembro, respectivamente; ‘Rubidoux’ apresentou a fl oração e a colheita mais tardias, em setembro e fevereiro, respectivamente. As cultivares Barbosa, Rubidoux e Maciel produziram frutos com massa superior a 130 g, em média, enquanto os de ‘Seleção Cambará’ foram inferiores a 100 g. Todas as cultivares mostraramse bem adaptadas às condições climáticas de Vacaria, RS, exibindo produtividades superiores a 20 t ha-1 no quarto ano de produção. As cultivares Barbosa, Della Nona e Eragil são as mais indicadas para cultivo em Vacaria, RS, considerando a época de floração, produtividade, qualidade dos frutos e desenvolvimento das plantas.

Palavras-chave


Prunus persica, Florescimento, Maturação, Colheita, Requerimento em frio hibernal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171