PLANTAS MEDICINAIS, TRANSDISCIPLINARIDADE E SAÚDE COLETIVA

Fatima Chechetto

Resumo


Plantas medicinais são recursos naturais considerados pela Organização Mundial de Saúde, estratégicos para o propósito de se obter mais saúde e qualidade de vida das populações. Para atingir este propósito, o presente artigo procura abrir o debate sobre a construção de um caminho de transformação, baseado na visão integral do ser humano e consequentemente da saúde coletiva a partir da transdisciplinaridade. Caminho este, que possa colaborar para reverter a crise de valores que atinge nosso meio e ameaça a vida, revelando-se como uma contribuição no sentido de ultrapassar antigos valores calcados na disciplinaridade e no reducionismo, compreendendo que estes, impedem avanços na integração da área de plantas medicinais.

Palavras-chave


plantas medicinais; saúde coletiva; transdisciplinaridade; qualidade de vida.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171