CONDUTÂNCIA HIDRÁULICA E TEMPO DE RESPOSTA DE TENSIÔMETROS UTILIZADOS EM CULTIVOS FERTIRRIGADOS

Olívio José Soccol, Denis Cesar Cararo, Ênio Farias de França e Silva, Mario Nestor Ullmann

Resumo


O tensiômetro tem sido largamente utilizado como ferramenta no manejo da irrigação, tendo em vista sua praticidade, baixo custo e satisfatória precisão na determinação da tensão de água do solo. Com a tendência crescente do uso da fertirrigação, não se dispõe de dados a respeito das possíveis interações desta prática na condutância hidráulica e no tempo de resposta das cápsulas de cerâmica utilizadas nos tensiômetros. O trabalho procurou avaliar possíveis alterações na condutância hidráulica (CH) e no tempo de resposta (TR) de cápsulas de cerâmica após as mesmas terem sido submetidas aos seguintes tratamentos: (a) imersão pelo período de 30 dias em solução fertilizante com concentrações iônicas crescentes; (b) utilização no monitoramento da disponibilidade hídrica da cultura do pimentão cultivado em solo arenoso e argiloso, sob irrigação e fertirrigação. Verificou-se aumento da condutância hidráulica e redução dos tempos de resposta com o aumento da concentração da solução a que as cápsulas foram imersas; redução da condutância hidráulica após o período de cultivo do pimentão; não influência do acréscimo de fertilizantes à água de irrigação nas características avaliadas; não influência da textura do solo na condutância hidráulica e no tempo de resposta a tensão de 60 kPa.

Palavras-chave


condutância, tensiometria, cápsulas porosas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171