Comportamento de plantas de tomateiros no sistema orgânico de produção em abrigos de cultivo com telas antiinsetos

Euclides Schallenberger, José Ângelo Rebelo, Carlos Rogério Mauch, Murito Ternes, Renato Arcângelo Pegoraro

Resumo


A busca por alimentos limpos está crescendo mundialmente e o tomate é uma das hortaliças mais procuradas. Contudo, existe dificuldade de cultivo do tomateiro no sistema orgânico, pelos elevados problemas fitossantários que a cultura apresenta. Este trabalho teve o objetivo de avaliar a resposta do tomateiro cultivado no sistema orgânico de produção em diferentes ambientes de cultivo. Conduziu-se um experimento com seis tratamentos: abrigos de cultivo com tela afídeo (malha 0,5mm); com tela citros (malha 1,0mm); com tela clarite (malha 2,0mm); sem tela; estrutura do abrigo sem cobertura de polietileno, mas revestido com tela citros na parte superior e laterais; a céu aberto. As variáveis consideradas foram a produção de frutos, a fenologia da planta e a ocorrência de pragas e doenças. Concluiu-se que abrigos de cultivo proporcionam uma melhor resposta do tomateiro quanto à produção de frutos, desenvolvimento das plantas e redução na ocorrência de requeima e que telas antiinsetos em abrigos de cultivo protegem as plantas do ataque de brocas e traça do tomateiro, sem prejudicar a produção de tomates.

Palavras-chave


proteção das plantas, insetos-praga, tomate orgânico, doenças.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


______________________________________________________________________________________________________________________________

Revista de Ciências Agroveterinárias (Rev. Ciênc. Agrovet.), Lages, SC, Brasil        ISSN 2238-1171